Após um longo inverno… como voltar a ter sonhos lúcidos?

Provavelmente a minha situação seja a de muitos interessados em ter sonhos lúcidos. Alguns já experimentaram ótima frequência de incursões em sonhos conscientes e agora mal lembra qual foi o seu último. A sugestão que segue servirá tanto para aqueles que nunca tiveram um sonho lúcido, como para os mais experientes.

janela-suspensa

 

Vou sugerir um plano para voltar a ter sonho lúcido. Também num próximo post, será analisado em detalhes as técnicas e rotinas aplicadas, como isso ocorreu e por fim, verificar quanto tempo isso irá levar.

A aplicação do plano abaixo envolve o uso de alguns minutos durante o dia e não há como abrir mão disso. Existirão as seguintes atividades:

1 – Diário de Sonhos

2 – Reality Checks ou Testes de Realidade

3 – Uso de uma Técnica (Incubação, MILD, Tholey, WBTB… ).

 

1 – Diário de Sonhos

Mantenha o seu Diário ao lado da sua cama. A primeira coisa a ser feita sempre que acordar, será anotar o que estiver na sua memória, referente aos sonhos que lembrar. Especialmente nos primeiros dias, todo e qualquer fragmento de sonho será muito importante de anotar.

Essas anotações irão ficar maiores com o decorrer dos dias. De acordo com uma pesquisadora renomada na área dos sonhos, a psicóloga Gayle Delaney, logo ao fim da primeira semana será difícil anotar tudo o que está recordando, portanto será preciso escolher.

A importância de anotar é fundamental, pois é possível ocorrer de ter um sonho lúcido e não lembrar. Outro motivo é a nossa habilidade de reconhecer a estrutura do próprio sonho. Quanto mais for fiel ao exercício de anotar, mais será exercitado a habilidade de reconhecer aquela realidade.

cadeira-sala-sombras

 

2 – Reality Checks ou Testes de Realidade

No meu caso eu gosto e prefiro o “reality check” das mãos. É muito eficiente e simples. Durante o dia, basta olhar para sua mão e se questionar, reflexivamente: “estou sonhando ou não?”.

Enquanto fizer o seu reality check, olhe a sua volta questionando se há algo estranho e como chegou até aquele lugar. Se reparar algo bizarro ou perceber lapsos de memória irá flagrar que está num sonho. Faça pelo menos 5 vezes  ao dia.

Caso, tenha sonhos recorrentes(Ver Tholey), pode ainda algumas veze durante o dia, imaginar/visualizar o tema do sonho recorrente, como se ele estivesse acontecendo naquele momento. E ao mesmo tempo, lembre-se de fazer seu reality check questionando se está sonhando ou não.

 

coruja-livros-corvo-e-lobo

 

3 – Escolha uma Técnica ou Método de Indução

 

Pode ser a Incubação, MILD, Tholey, WBTB, WILD, etc.. uma rápida pesquisada nesse site e será possível encontrar diversas técnicas de indução. Escolha a que lhe parecer mais interessante ou compatível com sua rotina.

 

Existe uma pesquisa que procurou fazer uma análise das técnicas de indução mais eficientes. As mais altas notas de eficiência ficaram com: Incubação e Tholey. Farei uma revisão dessa pesquisa num próximo post. Particularmente eu gosto muito da Incubação, MILD e Tholey. Pelo menos para mim elas possuem grande eficiência.

 

Fontes:

A Importância do Diário de Sonhos

All about Dreams – O Livro de Ouro dos Sonhos

Propósito na indução de Sonhos Lúcidos: Don´t think you are… know you are.

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Xeroque Rolmes disse:

    Oi, talvez esse não seja o lugar mais adequado mas queria esclarecer uma dúvida. Essa noite eu tive meu primeiro sonho lúcido, não usei nenhuma técnica nem nada, oque aconteceu foi que no meio do sonho eu fiz o reality check das mãos sem querer e percebi que era um sonho, isso aconteceu bem perto da hora de acordar e acredito que por isso que consigo me lembrar. O sonho foi o seguinte: eu estava na cozinha da minha casa quando olhei pras minhas mãos e percebi que um dedo estava muito curto, na hora eu percebi que era um sonho, andei pela casa e encontrei minha irmã, a primeira coisa que me veio pela cabeça foi faze-la flutuar, mas sem sucesso, fui até o quintal observei o céu, voltei e como não tinha nada de interessante pra fazer lá decidi ir pra minha escola, foi a primeira coisa que me veio na cabeça, virei a 180 graus e fiquei mentalizando uma porta que desse na minha escola, as portas apareciam, ficava tipo como aquelas maquinas de cassino, nenhuma funcionava, até que uma porta me levou pra algum lugar, era tipo uma floresta e tinha um muro bem grande na minha frente, acho que a partir daí de alguma forma eu esqueci que estava sonhando e comecei a fazer coisas sem sentido, típicas de um sonho, depois eu acordei e estava paralisado, não dei a mínima pra isso e tentei voltar pro sonho mas sem sucesso.
    Por em quanto não estou praticando nenhuma técnica, apenas exercitando a capacidade de recordação dos sonhos e fazendo reality checks das mãos constantemente. Nesses momentos inesperados que temos um sonho lúcido, oque podemos fazer pra conseguir mais controle? ou só se pode fazer isso usando alguma técnica?

    • admin disse:

      Olá Rolmes,

      Obrigado pelo teu relato. Ainda mais a primeira experiência!… Seja sempre bem-vindo.
      Sobre um maneira de obter mais controle, imagino que tu esteja questionando sobre não perder a lucidez, correto?
      Nessa situação, sugiro sempre que a gente tenha principalmente planejado algo no estado desperto. Qualquer plano, desde que seja algo que tu tenha um grande interesse/desejo forte em realizar no teu sonho. Por exemplo, atualmente eu quero muito que no meu próximo sonho lúcido eu consiga visitar uma memória de um sonho que me marcou. Aliás foi um sonho lúcido. Então desejo “que no meu próximo sonho lúcido eu lembre de visitar um sonho antigo”.
      Abraço e bons sonhos!

  2. Xeroque Rolmes disse:

    Por que você não cria um lugar no seu blog apenas para os usuários contarem relatos? Você poderia deixar ali em cima, onde está início, oque são sonhos lúcidos, etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *