Sonhos lúcidos mais frequentes!

Se tem algo que aprendi de técnicas para obtenção de sonhos lúcidos é sobre a necessidade de não estar estressado, cansado demais ou com coisas demais martelando na cabeça. Outro fator bem importante é anotar os sonhos. Na medida em que vamos anotando eles num caderno ou diário, vamos exercitando nossa mente, focando ela sobre os sonhos. Voltando nossa atenção para eles, nossa percepção vai melhorando e invariavelmente vamos nos flagrar durante a experiência do sono REM.

Abaixo, segue mais um pequeno sonho lúcido que tive:

Meu último sonho lúcido aconteceu dia 15/02/2010 e antes de ontem fui presenteado com mais um! Fazia muito tempo que a frequencia de sonhos lúcidos não aumentava. Esse foi espetacular!

Havia uma japonesa me encarando num prédio onde eu morava e pedira algum favor. Lembro-me bem dela parada na entrada do seu apartamento e lançando um charme bastante provocador, com sua beleza oriental encantadora. Eu me encontrava na porta do elevador panorâmico. Estava na iminência de subir para casa.

Entrou no corredor minha amada ruiva e flagrou a cena. Acometida de uma expressão furiosa, nem fiquei ali para presenciar  a cena. Mandei o elevador subir para o nosso apartamento. Ao subir contemplava através do elevador panorâmico a paisagem e conseguia ver também minha esposa(editado: na época desse post eu estava casado com a Mery) que tirava satisfação com a japa.

Observando detalhes do vidro do elevador foi que fui inundado com a certeza de se tratar de mais um sonho. E lá estava eu mais uma vez, com plena capacidade de raciocínio e consciência de que estava sonhando. Euforia contida, fiquei curioso para saber como seria esse nosso apartamento no sonho. Quem sabe poderia ser um futuro apartamento nosso?

Sai do elevador e me dirigi a qualquer porta, pensando se tratar do nosso ap. Experimentei nem abrir a porta e simplesmente atravessá-la. Ergui as duas mãos como que para apoiar meu corpo na porta e VUUSSHHHHH entrei de sopetão para dentro.

Começava com um pequeno corredor de entrada que dava na cozinha e copa conjugados. Havia um banco de madeira de cor branca muito bonito. O ambiente era bem claro, com predomínio da cor branca. Ouvia bem vários pássaros cantando, numa harmonia fabulosa. Dos utensílios típicos de cozinha, como microondas, armários embutidos, fogão… me chamava a atenção a presença de alguns relógios. Todos de ponteiros e estavam aparentemente parados.

Relembrei a idéia de procurar números para jogar na loteria. Comecei a olhar um por um dos relógios, buscando encontrar algum número perdido. Quando olhei um relógio de ponteiro, daqueles a corda, percebi que havia o reflexo de alguns números digitais nele… quando se fixaram, rapidamente comecei a repetir para mim mesmo.

Subi em cima daquele banco de madeira, comecei a fazer uns movimentos típicos de ginástica olímpica e repetindo pra mim mesmo aqueles números e que não poderia esquecê-los ao acordar.

Ao acordar, rapidamente, saí atrás de caneta e papel e como não estava em casa, mas na casa dos meus pais, levei um tempinho até encontrar. Mas lembrei de todos os números.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Dr. Kaizen disse:

    e ai acertou os numeros?

    eu fiz isso em alguns sonhos lucidos meus e algumas semanas depois os numeros foram sorteados

    acertei 2x 3 numeros de 5

  2. Acabei de conferir e necas de pitibiribas!… Mas vou seguir jogando até q um dia dê ;P
    .
    Mas não foi simples conseguir ver eles, pois os números não ficam estáveis nos sonhos. ;P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *