O Supersonho Lúcido!

Depois de exatos 35 dias sem um sonho lúcido eis que…
… tive um dos melhores e pelo menos maior sonho lúcido até agora. Vou descrever como foi a rotina antes de obter o sonho lúcido:
.

Fui dormir pela 1 da matina, meio cansado e lendo livro da faculdade(Crítica da Razão Pura, do Kant). Tomei um chá de camomila com mel pela meia-noite.

.
Era umas 8 da matina e fui acordado com uma ligação pra mim. Um abacaxi enorme que me tirou o sono. Levantei, engoli uma bergamota(ou pocan ou tangerina ou vergamota).
.
Depois vim para o computador, fiquei por quase 2h. Bateu sonão e mais esse frrrrio curitibano corri pra debaixo das cobertas. Dormi q nem pedra. Eis que…
.
Eu estava numa montanha, próximo do topo e caminhando por ali percebi que estava sonhando. Meu corpo estava incrivelmente pesado. Não conseguia mais me movimentar direito. Nem voar, nem caminhar ou correr. Pensei se tinha alguma relação com paralisia do sonho… então resolvi que ia ficar gigante. Aumentar de tamanho! Ergui os braços pra cima e fiquei maior do que a montanha! kkkkkkkkk Então acordei.
.
Acordei numa calçada?! Mas estava tudo muito escuro. Saquei de cara que não tinha acordado não e ainda estava no controle da bagaça. Apesar da claridade estar péssima. Comecei a esfregar as mãos. E… nada… nada… rgghhhh  tudo muito escuro! Pensei em dar uma girada no próprio eixo como o Stephen LaBerge descreve no livro dele… mas fiquei com medo de acordar.

.
Tava me sentindo tão fodão por me manter tanto tempo lúcido que não queria correr grandes riscos. Mas ainda tinha que resolver a falta de claridade no sonho. Comecei a dar uns golpes de Kung Fu pra lá e pra cá. Era um baita calçadão que eu tava, cinzento, tipo asfalto. Dei um salto enorme e parei numa paredona. Daí corri nela lateralmente kkkkkkkk mas tava sentindo meu corpo pesando de novo.
.
Voltei pro chão normal, lá na calçada e comecei a correr pensando em como isso poderia ajudar minhas corridas quando acordado(voltei a correr dias atrás).
.. nas corridas quando acordado. Eu me sentia inundado de prazer e fiquei preocupado se não podia me dar um derrame ou algo assim! rsrsrsrs afinal parecia ser meu recorde de tempo lúcido num sonho! Sim tinham coisas que eu queria experimentar nos sonhos lúcidos e enquanto pensava nelas reparei como tudo tinha ficado mais claro e nítido. Santa corridinha! Uma das coisas era fazer musculação no sonho.
.
Estiquei meu corpo e comecei umas flexões de frente sobre o solo… 1,2,3,4… fazendo bem devagarzinho e sentindo meus musculos no exercício. Reparei que havia um jardim dos dois lados da calçada. Flores bem bonitas. E comecei a pensar o que mais eu queria fazer no sonho lúcido. Ahá!! Tinha o tópico da comunidade do orkut, dos “Desafios Lúcidos”.
.
O Desafio que eu mesmo tinha proposto – meses atrás acho – era o de encontrar um alienígena e fazer umas perguntas pra ele.
.
Levantei-me. Admirei um pouco mais todas aquelas flores e comecei a caminhar em direção a uma casinha de madeira, estilo bem tradicional, interiorana, pintada num amarelo envelhecido e bem bacana. Pensei que dentro dela iria encontrar o alienígena. Era só usar minha [b]INFALÍVEL TÉCNICA DAS PORTAS[/b].
Só que eu não conseguia achar porta alguma! Tinha umas janelinhas… e quando estava chegando perto da frente da casa, resolvi me virar de costas e ir tateando até encontrar um trinco e…TCHARAAAAAMMMM! Peguei num! 
.
Virei-me, abri a porta e ao olhar pra cozinha vi a sombra do figura. Mais no canto parecia um casal de velhinhos… e daí vi.
Rapaiz… era maior que a geladeira. Marron, em vez de boca e mandíbula, tinha um MONTE de tentáculos. Dois olhos enormes, pretos. Braços compridos e bem articulados. Era uma aparencia pra assustar. Mas só pensei na pergunta. Pelo menos uma eu vou conseguir fazer:
“- Vocês já fizeram contato conosco?”
Ele acenou com a cabeça para cima e para baixo.
****
Acordei o_O

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. mery disse:

    Foi incrivel ouvir a narração desse seu sonho meu amor!!!

  2. Espero conseguir fazer muito mais minha ruiva!

  3. pouco tempo lendo alguns artigos do blog vc sempre cita esse livro "All about dreams – O livro de ouro dos sonhos"
    mas está muito difícil de achar ele para baixar/comprar!
    vc tem algum link?

    e alias eu tenho uma dúvida:
    Nunca tive sonhos lúcidos mas dos sonhos que me recordo e formo a imagem na minha cabeça as vezes parece que estou em terceira pessoas, como se fosse um filme e estivesse sendo filmado… isso já aconteceu com vc?

  4. Oi Túlio!

    Esse livro está difícil mesmo de achar. Tenta direto com algum canal direto com a editora: Ediouro.
    Achei um link, mas esse preço tá salgado:
    http://www.livrariaresposta.com.br/v2/produto.php?id=154397
    .
    Lembrando que não é um livro sobre sonhos lúcidos. É sobre sonhos e um método de interpretação criado pela autora.

    .
    Sobre o sonho em 3ª pessoa aconteceu um sábado passado. Parecia mesmo um filme, como tu bem comentou! Aliás daria um belo filme e tá anotado no meu diário.

  5. mizore4ver disse:

    Muito interessante. rs.

    Tento ter um a tempos, em certos períodos me dedico mais, e em alguns não faço nada; o que realmente me prende um pouco é o medo de ter a paralisia… porque as descrições que eu andei lendo de quem teve, é meio ruim. Embora varie de pessoa pra pessoa, é um medo que eu ja tenho a meses, diria que vai completar um ano… e acho que é um dos motivos de eu não ter conseguido ter um SL até hj.

    Mas é muito interessante, eu espero um dia conseguir, e se possível, fazer que seja frequente as experiencias.

  6. Anônimo disse:

    Estranho, eu também já fiz uma pergunta em um sonho lúcido, para resolver um problema meu, a resposta foi afirmativa acenando com a cabeça para cima e para baixo. Por que será?

  7. Denys Ribeiro disse:

    Thulio, nao sei se vc ainda esta procurando o livro, mas eu achei este no mercado livre, nem ta caro.
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-429277085-o-livro-de-ouro-dos-sonhos-gayle-delaney-_JM

    sabe se ele é em portugues?

    • Olá Denys

      "O Livro de Ouro dos Sonhos" é em português sim. Um livro bem gostoso de se ler. Não pela pequenina parte sobre sonhos lúcidos. São bem poucas páginas. Mas pelo compêndio dela sobre outros assuntos relacionados em especial as lições dela sobre o sonho comum e sua importância. A importância até dos pesadelos. Pra mim o livro é aula atrás de aula sobre sonhos.
      Além é claro do impressionante método dela de interpretação de sonhos: o método da entrevista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *