Você pode gostar...

16 Resultados

  1. andre disse:

    Gostei muito do podcast. Parabéns pelo site!

  2. Brigadao André! Seja sempre bem-vindo!

  3. Bete disse:

    Olá, Márlon, como vai?

    Acompanho seu blog há um tempo, desde quando comecei a me interessar pelos sonhos lúcidos e, principalmente, pelo controle dos sonhos.
    Tenho algumas perguntas de iniciante para fazer e desde já agradeço se você puder esclarecer minhas dúvidas. São coisas que fogem à teoria, portanto, não tem como eu pesquisar. Como você já passou por muitas experiências, talvez possa me dar alguma luz. Vamos lá.

    Eu criei um "sonho-objetivo". Existe um cantor (não é brasileiro) pelo qual tenho grande admiração – tanto pela parte musical quanto pela pessoa que ele é – e, bem, eu encontrei nos sonhos uma maneira de me sentir mais próxima dele. Os sonhos, esse universo onde tudo é possível, me aproximam desse ser especial de alguma forma. Em resumo, esse "sonho-objetivo" é poder encontrá-lo, abraçá-lo, beijá-lo, conversar, vê-lo nitidamente. É o que busco todas as noites quando vou dormir.

    Tenho encontrado algumas dificuldades e algumas coisas tem me deixado um pouco confusa. Uma das maiores dificuldades é conseguir sonhar com ele. E, quando sonho, geralmente não é de forma muito nítida. O rosto dele não parece o dele e às vezes "se desfaz". Já li em algumas postagens que pode ser a ansiedade, que por vezes provoca até um falso despertar. Com base nisso, tenho tentando controlá-la sempre que percebo que ele está lá. Mesmo assim, seu rosto raramente é nítido para mim. É como se, no sonho, eu não me lembrasse dos seus traços e não conseguisse reproduzi-los, mas na realidade, quando estou acordada, conheço cada detalhe do seu rosto. Gostaria de saber se isso é normal e se existe alguma técnica para aumentar essa nitidez nos sonhos.

    Outra coisa é sobre planejar o sonho antes de dormir. Tenho tentado todas as noites fazer uma história na minha cabeça com o que quero sonhar. Sempre me concentro, às vezes vejo vídeos, ouço suas músicas. Na realidade ele sempre faz parte do meu dia-a-dia. Quando tento fazer esse planejamento, 99% das vezes eu não sonho com ele. Tenho feito algumas anotações e geralmente tenho sonhado com ele quando estou mais "displicente" e não faço nenhum tipo de plano antes de dormir. Isso tem me deixado confusa pois vai contra o que algumas técnicas dizem. Qual é sua dica em relação à isso?

    Outra coisa que gostaria de comentar é que uma noite li no seu blog sobre a técnica das portas e resolvi tentar. Na mesma noite, fiquei consciente durante um sonho e abri uma porta invisível. Do outro lado, havia mais luz e consegui encontrá-lo, mesmo que por pouco tempo e sem ter sido um sonho com nada de especial. Porém, depois disso, não consegui mais utilizar a técnica das portas. É como se eu esquecesse, durante o sonho, sobre a técnica, mesmo em sonhos que me vejo consciente. Essa técnica parece muito eficiente, mas eu gostaria de "lembrar" de aplicá-la mais vezes! Como faço?

    Bom, eu tenho mil coisas para perguntar, mas já estou me prolongando bastante.

    Desde já agradeço sua atenção e qualquer dica que puder me dar.

    Parabéns pelo excelente trabalho no blog!

    Um abraço,
    Bete.

    • Olá Bete,

      Pelo teu relato, talvez seja interessante tu experimentar realizar outros planos nos teus sonhos, pelo menos por um tempo.

      Não existe nada técnico no que estou sugerindo, mas como estamos lidando com o inconsciente, vou me arriscar a dizer que é possível que já exista aí um esgotamento ou saturação na tua mente, com teus esforços tantas vezes frustrados.

      Passe em primeiro lugar, a buscar obter maior eficiência nas induções de sonhos lúcidos. Busque minimizar a importância de realizar as induções de sonhos com o cantor e passe a afiar tuas habilidades em induzir teus sonhos lúcidos.

      Depois que tu estiver com maior segurança na realização de experimentos nos teus sonhos, comece a realizar gradativamente algumas induções, não diretamente relacionadas ao cantor, mas apenas com a presença dele nos cenários. Depois de um tempo desenvolva isso.

      Com relação a Técnica das Portas, uma alternativa é quando tu for ao banheiro(acordada). Deixe a luz acesa lá dentro, saia e abra novamente, desejando por exemplo um ambiente mais claro ou um espelho para se observar. 😉

  4. Anônimo disse:

    E AS NOVIDADES MENSAIS DO BLOGPARA MARÇO/2015??????

    Forte abraços a todos

  5. Anônimo disse:

    Ola meu nome é Samuel, acompanho seu site por alguns dias, ainda não tenho um diário dos sonhos, mas estou inventando um codigo para escreve-lo.
    Hoje tive meu primeiro sonho lucido.
    Lembro-me de estar na minha casa, assistindo tv, quando que por algum motivo percebi que estava sonhando, quando isso aconteceu quase acordei, estava sentindo que ia ter uma paralisia do sono, me lembrei rapidamente, de esfregar as mãos, por pouco não acordei.
    Olhei para janela e tentei voar, mas não consegui, esfreguei as mãos de novo
    procurei uma porta, mas todas as porta de minha casa tinha desaparecido, lembro de ter achado uma porta. mas não lembro nada do que aconteceu depois.

  6. Anônimo disse:

    Olá pessoal, dia-a-dia venho lendo vários perguntas aqui no blog que não são esclarecidas. Eu gostaria de criar um grupo no whats app, para divulgarmos nossas experiências, esclarecer duvidas e conversarmos com pessoas que gostem de "sls". Quem tiver interessado põe uma resposta ae no fim do comentátio 😉

  7. Anônimo disse:

    Eu nunca tinha tido paralisia do sono, mas nos últimos dois meses tive três, eles sempre ocorrem no inicio do sono, dois deles foi quando descubri que estava sonhando (também nunca tinha tido sonho lucido antes), não pratico nenhuma técnica para sonho lucido.
    Em um dos casos, eu estava imaginado, não estava sonhando ainda. Eu imaginava que levantava da cama e tentava chagar em minha sala, mas quando chegava, não conseguia imagina-la, tentei chegar na sala três vezes, mas todas vez que chegava na sala ela desaparecia, quando consegui imagina-la adormeci e no mesmo instante acordei em paralisia.
    tenho 15 anos, turmo em media umas 7h por dia.
    Por favor sabe porque estou tendo tanta paralisia?

  8. Anônimo disse:

    Que daora!
    Nem conhecia esse podcast, mais um pra lista!

  9. Muito bom esse podcast, Márlon, gostei pacas. XD

  10. I would like to show my gratitude for your kindness in support of individuals that should have guidance on this one issue. Your real dedication to getting the solution across became quite productive and have regularly encouraged individuals much like me to achieve their pursuits. Your personal informative suggestions entails much to me and much more to my colleagues. Best wishes; from everyone of us.

  11. luana disse:

    muito bom seu artigo parabens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *