Prolongando a experiência do Sonho Lúcido

É bastante frustrante despertarmos com a memória que ficamos conscientes no sonho, porém sem êxito em prolongar a experiência. Para evitar esse pequeno drama, vale ressaltar algumas ferramentas que ao menos para mim,  vem apresentado uma grande eficiência.

      A primeira, em ordem de importância, destaco como a Técnica das Portas ¹.  Principalmente porque ela lhe servirá não apenas para dar continuidade ao sonho que começa a querer desmoronar, mas pela serventia como instrumento de manipulação/controle indireto do ambiente. Detalhes dessa técnica podem ser encontrados “aqui”.

 

porta

 

Em segundo lugar, funcionando como um grande fio condutor, talvez a verdadeira estrutura de sustentação da continuidade e qualidade do sonho: O Propósito ² . Quando planejamos algo que temos a sincera intenção de realizar, carregando uma carga emotiva ou um forte desejo em ver acontecer, nossas chances de permanecer por mais tempo no sonho ganham mais força.

Finalmente, a qualidade do sono pode acabar comprometendo toda experiência. Não seria errado primar pela qualidade do sono acima dos fatores anteriores. É possível ficar consciente, mesmo com um sono ruim, porém nossas chances de indução vão piorando na medida em que os ciclos e as fases do sono, começam a ser comprometidas por noites mal dormidas. As melhores chances de atingir a lucidez ocorrem nas últimas fases do sono ou como são denominadas, Fases REM Tardias.

 

Referências

1 – Técnica das Portas

2 – Propósito  – STUMBRYS, Tadas e outros. Induction of lucid dreams: A systematic review of evidence. 2012. Conciouness and Cognition 21.

3 – Fases Rem  – NEUROCIÊNCIA da Mente e do Comportamento. LENT, Roberto(Coordenador).
Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

 

 

Você pode gostar...

7 Resultados

  1. Guerreiro disse:

    Boa noite Márlon!
    Seria possível o sujeito sonhar lucidamente por um período absurdamente longo? Talvez até a noite(de sonho) toda?

    • Marlon disse:

      Imagino que os monges budistas tibetanos possam prolongar de modo extravagante a experiência, partindo do estado desperto, navegando conscientemente entre sonhos não-REM e sonhos REM.
      Como eles praticam há séculos, a habilidade deles deve ser assombrosa.

  2. Very interesting subject, thanks for posting.

  3. Guerreiro disse:

    Isso é loucura, né Márlon kkkk

  4. eduardo disse:

    agora pouco tive um sonho lucido, até por isso estou aqui as 5:46 digitando esse texo, gostaria de saber como reagir em um sonho lucido pra nao virar um pesadelo lucido, vou contar um pouco desse sonho:

    estava eu em algum lugar aleatorio (nao lembro), quando percebi que meus dentes estavam enormes (do tipo vampiro) e nao podia nem mesmo fechar a boca, entao ai eu descobri que estava em um sonho, apartir dai eu queria acordar, mas nao sabia como, quando decidi que ia acordar apareceu 3 mulheres (que eu nunca vi na vida) elas sabiam do sonho e estavam tentando evitar que eu acordasse, e a fim de fugir delas, entrei em um mercado (estilo big ou muffato) era anoite e estava chovendo fraco, ja dentro do mercado eis que surge alguns parente (ex:vó, vo, tia, tio, pai, mae, irmas), e todos menos minha irma, tinham rejuvelhecido cerca de 15 anos de idade, e eu tentava convencer cada um presente que estava em um sonho e queria acordar, sem sucesso nenhum pois ninguem acreditava em minhas palavras, entao avistei pela vitrine do mercado uma moça entregando panfletos (na chuva e só ela na rua), entao fui até ela e pedi ajuda para me acordar, ela triste e com ar de quem entregava panfletos apenas para passar o tempo, me disse que estava a dormir a 3 meses e sua mae nao a acordava, nessa hora o meu medo aumentou ainda mais, entao avistei um carro de policia passando pela rua, e gritei xingando eles, nesse momento imaginei que se eu morresse no sonho eu acordaria, entao resolvi que tinha que fazer isso. apos chamar a atençao da policia, corri e entrei no mercado,(daqui pra frente esse mesmo sonho, nesse mesmo lugar eu ja tive algumas outras vezes) todos estavam a minha espera, uma voz continua dizia para eu sair pra fora do mercado, eu estava feliz por que enfim iria morrer no sonho para acordar, era só dar um geito de levar uns tiros. bom nessa parte minha mae e meu pai afirmavam que iam sair na minha frente pra eles nao atirarem, ai nao seria completado meu objetivo, entao sai correndo e simbolizando uma arma em punho, o resultado nao poderia ser outro, levei varios tiros, e fui apagando, e pronto abri os olhos e estava em meu quarto, foi uma experiencia ruim, apesar de muito interessante, seria melhor se estive em algum lugar e em um clima melhor, bom mas aqui fica meu relato, faltando muitos detalhes que explicariam melhor , mas a metade ja esqueci e a outra só aumentaria o texto. boa noite 🙁

  5. Danilo disse:

    Hj finalmente tive um sonho lucido e conseguir controla-lo diferente das outras vezes que quando percebia logo acordava, eu so gostaria de saber, as pessoas que estao em nossos sonhos, o que elas dizem, mas quem realmente fala? o nosso consciente? eu estava conseguindo controlar o sonho ate o momento que perguntei pra pessoa… que dia é hj? ela me respondeu.. janeiro de 2004, eu insistir em perguntar que dia da semana era e a data. foi ai que comecei acordar, o mais interessante que eu acordei sem nem um pingo de sono ou cansaço, eu levantei olhei no espelho nem se quer estava com cara de sono, tipo que tinha acordado naquele momento… mais foi uma experiencia muito boa, conseguir ver quem eu queria, e mover objetos sem tocar rsrs..

  6. Sylvester disse:

    Acho eu que isso é lembranças do seu consciente… essa data aí te lembra algo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *