Sonhadores Lúcidos em Curitiba

   Esse domingo ensolarado aqui em Curitiba foi deveras especial. Não apenas pelo raro sol e céu azul da “Londres Brasileira”, mas principalmente porque tive o prazer de conhecer pessoalmente dois sonhadores lúcidos ao vivo e bater um papo formidável com eles.  Carlos André e Anderson são pessoas bem amigáveis, bem-humoradas e de conversa fácil.

Teve início as primeiras reuniões de sonhadores lúcidos brasileiros. A proposta é intensificarmos a melhor troca de experiências, possibilitando contribuir para o desenvolvimento dessa fabulosa habilidade e o aprimoramento da área de estudo.

   Quem é sonhador lúcido sabe da dificuldade de encontrar alguém que seja próximo, para compartilhar essas experiências… e não tem jeito, pois tem que ser com alguém que já experimentou a “Matrix” para saber do que a gente está falando e sentindo.

   Já havia me encontrado algumas vezes com o grande Murilo, um cara superbacana com quem acabei  fazendo amizade, um artista da imagem e da fotografia. Trocamos muita experiência e os relatos de pesadelos dele sempre me impressionaram. Um dia a revista Isto É me questionou sobre algum caso em especial, de alguém que havia se utilizado dos sonhos lúcidos para o tratamento de pesadelos… e obviamente esse sonhador lúcido foi “o cara”.



Lilo Faria fazendo um Reality Check, em uma reportagem sobre Pesadelos e Sonhos Lúcidos na revista Isto É

   É fascinante como cada sonhador lúcido revela toda uma maneira peculiar de funcionar a mente durante o estado mental dos sonhos lúcidos. Alguns trazem o relato de uma estrutura permeada pelo psicodélico, enquanto outros contam sobre seus mundos dotados de um realismo esmagador. Alguns com facilidade para o uso de certas técnicas de indução como o Tholey ou o MILD… outros com grande domínio sobre o WILD!…

   O Carlos eu já havia encontrado há mais de um mês, num clube de Xadrez aqui da XV de Novembro. Seus sonhos lúcidos tendem a ser mais voltados para o psicodélico ou para o fantástico. Tem utilizado a técnica MILD para a indução. Programa suas despertadas pela 6a hora de sono e volta a dormir. Utiliza metodicamente o seu Diário de Sonhos e vem se aventurando com alguma técnica própria de meditação.

  O Anderson é um praticante de Kung Fu, com habilidades inatas para o desenho artístico. Seus sonhos lúcidos tendem a ser mais realistas e apresentam temas recorrentes interessantes como escadas e uma casa de uma parte da sua infância. É adepto do Método de Tholey.

  Além da tagarela e compulsiva troca de experiências que fizemos, lancei a proposta do Desafio Lúcido já proposta no nosso Fórum e Grupo do Face.

Desafio Lúcido do Coruja:
– Encontrar um espelho, observar a imagem que aparece, tocar a mão do personagem e puxar para fora do espelho. Fazer então a questão: ” O que podemos fazer para ter mais sonhos lúcidos?”

Visitas recomendadas:

http://sonhoslucidos.forumeiros.com/

https://www.facebook.com/home.php?sk=group_132220940168530&ap=1#!/groups/sonhoslucidos/

http://www.istoe.com.br/reportagens/224849_COMO+CONTROLAR+OS+PESADELOS

Você pode gostar...

15 Resultados

  1. Anônimo disse:

    Caraca! . Egua da missão heim. Vou gravar o desafio na cabeça. So tive um sonho lúcido ( pelo menos um digamos… inteiro) , não sou muito aplicado em relação as técnicas. No meu sonho lúcido, adivinha? tava voando, mas o mais fantástico foi o céu que mudava de cor e formava imagens semelhantes ao quadros do pintor Cornelis Escher . Incrivel!. O desafio ta aceito, se eu tiver a sorte de ter um outro… Abraços

    • Deve ter sido um vôo inesquecível heim! 🙂

      Para aumentar tuas chances nesse Grande Desafio, vou repassar o que parece existir de mais eficiente atualmente:

      – Agarre-se firme nas anotações do teu Diário de Sonhos. Pelo menos um sonho por dia.

      – Faça ao menos um tipo de Reality Check durante o dia. Eu uso o das mãos. Olho para elas no mínimo 5x ao dia com a reflexão: "Estou sonhando ou não?".

      – Programe seu despertador para a 6a hora de sono. Quando acordar, faça mais uma vez o reality check e ao voltar a dormir lembre do Grande Desafio 🙂

  2. Sou de Curitiba tb! seria legal juntar mais pessoas interessadas no assunto e fazer uma reuniao pra trocar experiencias… Estudo SL's a 7 anos ja. 🙂

  3. rodrigo disse:

    eae márlon, meu nome eh rodrigo sou um ex SL e estou querendo voltar mas pra isso preciso da ajuda de vc's. A alguns anos eu tinha SL's diariamente sem problemas e tinha controle total de cada SL que eu tinha. eu era um excelente SL até ser obrigado a parar. Tive sorte em ter encontrado este site. Gostaria muito de poder falar com vc.

    https://www.facebook.com/8192610821rmr
    este aew eh o link para meu facebook me add la por favor.
    obg pela a atençao, e um abraço pra todos o SL's

  4. Anônimo disse:

    você todos os meses devia fazer um "top de sonhos" falando dos melhores sonhos normais e lucidos.

    • Brigadão pela sugestão! Como o Reizen sugeriu, logo abaixo, o Fórum cumpre bem esse foco da tua sugestão.

      Por aqui o objetivo é divulgar técnicas, métodos de indução, pesquisas na área e com posts que possam contribuir para o desenvolvimento dessa área de estudo e da habilidade de ficar consciente. 🙂

  5. Reizen Endler disse:

    Rodrigo faça uma visita aqui no nosso fórum que poderemos lhe ajudar com sua volta as atividades oniricas.

    Anônimo temos uma guia no fórum destinada a vários diários de sonhos comuns e lúcidos 😀

  6. Anônimo disse:

    Eae Márlon, blz?
    Conheci seu site a uns dias atrás, confesso que já revirei ele quase inteiro rsrsrsr parabéns pelo seu blog muito completo e conteúdo facinante!
    to me interessando muito por sonhos lúcidos, e queria começar com o metodo Tholey, mais tenho muito medo mesmo de paralisia do sono! Já vi que com os métodos de auto indução tem grande chance de ter. Queria saber se com apenas esse metodo tenho chance de ter paralisia do sono?

    Abraços !

  7. Reizen Endler disse:

    Olá Anônimo olha brother a paralisia do sono caminha junto com todos nós sonhadores lúcidos ou sonhadores amadores, digamos que faz parte do carma sofrer uma paralisiazinha aqui e ali, mas não se preocupe quanto a isso, alias a paralisia em si faz parte de um processo natural de nosso organismo e melhor do que isso aos veteranos a paralisia do sono é um atalho de transição aos sonhos lúcidos!

  8. Reizen Endler disse:

    Tudo depende de cada individuo, alguns por sua vez acabam por meio de técnicas e métodos em uma inevitável paralisia do sono, mas não há uma frequência especifica. Comigo geralmente tenho mais facilidade por via de Wild.

  9. Anônimo disse:

    Eu sempre tinha sonhos lúcidos quando criança. Mas comecei a ter paralisia do sono toda noite e não conseguia controlar, tornei-me até sonâmbula. Tenho medo a voltar á praticar, pelo fato de não saber controlar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *