Supersonho lúcido: fatores determinantes para conseguir ter um!

       Se tem uma coisa que eu aprendi sobre sonhos lúcidos é que não devemos ficar ansiosos ou obsessivos para conseguir ter um. Isso simplesmente detona com qualquer chance de ficar consciente nos sonhos. Vou relatar com quais elementos eu mais trabalhei e que podem ter influenciado meu êxito em ter mais um “supersonho lúcido”. 

Em um Supersonho Lúcido somos capazes de prolongar o sonho fazendo experiências, reflexões e exercendo bom grau de controle. Na fotinho, uma representação artística de mim, com minha grande aliada: a porta.
        Antes quero ressaltar o que considero um “supersonho lúcido”: é aquele sonho que conseguimos ficar conscientes, prolongando a duração por tempo  suficiente para fazer experimentações e temos tempo para reflexões, com a facilidade de manipulação ou controle do mesmo. Após acordar de um Supersonho Lúcido, sempre me senti com uma sensação de recompensa muito forte. Diria que uma espécie de euforia e há uma sensação de maior vitalidade, mais forte e com mais energia pra tudo.
       Comecei minhas férias no início de julho. Cheguei nelas destruído. Trabalhos e provas da faculdade e mais um ritmo escravagista no trabalho, com direito a horário noturno, indo dormir sempre não antes das 2h da manhã. Não sobrou muita coisa para minhas experiências com sonhos lúcidos. As poucas horas de sono me fizeram até ganhar um peso extra e isso que vinha procurando me exercitar regularmente.
Err… não cheguei tão gordo quanto o Blob nas férias, mas tratei de ficar mais discipinado com meus treinos na academia.
       Iniciada as férias, desliguei-me de todo e qualquer compromisso, exceto dar atenção para as minhas vontades, fazer tudo aquilo que me dava vontade, sem fazer programas, ficar pensando no que fazer no dia seguinte. Nada! Mesmo meu sono, procurei dormir quando a natureza chamava, digo, a cama! Foi interessante… nos primeiros dias dormi cerca de 9 e 10h, fácil! Abandonei o despertador(exceto para acordar após a 6h de sono) e o café.
Parei de usar o despertador para me acordar ao final do sono. Mantive-o apenas para uma acordada após a 6ª hora de sono, conforme o Método MILD.

       Pela primeira semana voltei a anotar mais religiosamente no diário(uso um netbook que mantenho próximo da cama), sempre acordando após 6h de sono e voltando a dormir(Método MILD). Depois dessa primeira semana, comecei a ter curtos sonhos lúcidos. Nos dias 5 e 6 tive dois curtos sonhos lúcidos. Cheguei a ter um 3o sonho lúcido mas nem tive tempo de reagir com alguma técnica. As anotações dos sonhos na 2a semana já estavam maiores, a ponto de escolher que sonho anotar.  Conforme orientações da Dra. Delaney, anotando um sonho por dia já é suficiente.

Intensifiquei minhas anotações no meu diário dos sonhos, agora num netbook, porque depois para entender a letra parecia alienígena!

      Paralelamente voltei-me com mais intensidade para minhas atividades físicas. Eu realmente gosto de fazer musculação. A corrida tenho que tenho que me esforçar um pouco. 

      Comprei 3 livros sobre sono e sonhos. Aliás, desde o final de junho já vinha lendo dois novos. Um mais na área da Neurociência(foto abaixo) e outro na área da Psicologia. O terceiro livro, encontrei num sebo por acaso, sobre a qualidade do sono: Ladrões de Sono, do Stanley Coren que é fascinante.
  

Um livro fascinante pra ajudar a entender um pouquinho mais como funciona nosso cérebro. Num pequeno trecho, cita o sonho lúcido como um “Estado Dissociado”, em que está reunido num momento só três estados da consciência: REM, NREM e vigília(vigília?!).

       Relembrando e resumindo o que eu vinha fazendo nessas duas semanas: 

–  anotando os meus sonhos no diário.

–  dormindo sem despertador para o final do sono.

–  aplicando o Método MILD(acordando após a 6ª h de sono).

–  usando o reality check das mãos e espelhos.

–  estudando sem compromisso, livros sobre o sono e os sonhos.

Segue a narativa:

        “Eu saí de um carro, após uma perigosa descida de uma serra. Deixei ele para trás convicto que estava sonhando. Olhei para minhas mãos e lá estavam os dedos todos alterados. Fiquei muito feliz, mas percebi que tudo já estava se apagando.

        De imediato avistei uma casa de madeira, antiga e sem pintura. Fui em direção a porta e abri. Entrei e havia pouca luminosidade.  A casa realmente era velha e escura.  Eu estava decidido que iria conseguir prolongar esse sonho, pois já fazia um bom tempo que não conseguia. Iria usar as portas e buscar manter um movimento de narrativa. 

A casa era ainda mais escura que essa e mais velha o_O
 
        Parti em direção para outra porta desejando mais luminosidade e estava a mesma coisa, parecia estar ficando mais escuro e temi que fosse acordar, mas resolvi que iria fazer aquilo até conseguir clarear o sonho. Fiz algumas vezes, com tudo escuro, chegando ao ponto de apenas estar desejando abrir a próxima porta com o novo ambiente mais claro. Por fim desejei que a próxima porta fosse para a rua.

         Ao abrir a porta notei a luminosidade que vinha de fora e fiquei contente me deparando com o ambiente bem claro. Fiquei bem alegre e dei uma voada, com absoluto auto-controle dei uns giros e lembrei que fazia tempo que não sentia esssa sensação tão boa. Era uma euforia só, mas senti o sonho se esvaindo. Desci e fui rápido para a casinha.  Dessa vez desejei encontrar pessoas e eu as guiaria pela minha casa, procurando manter uma narrativa no sonho ou algo que pudesse fazer o sonho “rodar a fita”. 

As portas se transformaram na minha principal ferramenta de controle e prolongamento dos sonhos.

         Quando fechei a porta notei que o ambiente estava mais escuro do que eu gostaria, mas havia algumas pessoas! Chamei a atenção delas para o que aparecia no sonho. Expliquei que eram minhas representações e que através delas eu conseguiria manter meu sonho mais estável, pois prossegueríamos numa narrativa.
         Na sala seguinte eu vou mostrar peças de arte e imagens… e lá nos esperavam imagens de uma senhora bem idosa, um bocado assustadora, cheia de dentões e de boca aberta, com um olhar arregalado. Todas as fotos eram assim. 
         Expliquei caminhando junto com meus personagens que eles, essas peças de arte e a decoração representavam tudo uma maneira que eu havia encontrado para manter o sonho estável. Sugeri aos meus personagens para irmos numa sala ao lado onde eu iria fazer uns truques de pequenas manipulações do sonho. 

Para dar uma idéia do visual do jantar em que eu mantive o controle da narrativa, brincando de mágico e observando os “convidados”.

         Todos se sentaram ao redor de uma sofisticada e convidativa mesa de jantar. Reparei que dentre os personagens, havia parentes meus. O meu tio-avô Milton estava junto e minha avó Margarida. Peguei uma folha de batata seca, estilo “rufles” e fiz ela flutuar pra lá e pra cá… todos me observavam. Peguei um copão de whisky q estava pela metade e disse quei iria preenchê-lo. Cobri com um guardanapo e Voilà ! Fiz o copo ficar cheio ao estilo Van Eden em sua experiência com copo…

          Fiquei entendiado com as brincadeiras e resolvi sair dali, continuando o sonho por mim mesmo, mas tudo foi escurecendo e ao sair pra rua acordei em seguida, eufórico e iniciando minhas anotações.

           Conclusões :
           Fiz um levantamento cuidadoso das minhas atividades nessas duas semanas e o que pode ter influenciado pra conseguir ter mais um Supersonho Lúcido. Em primeiro lugar a qualidade do sono, tenho certeza que foi fundamental. 

           As anotações que logo começaram a melhorar, pois o sono estava melhor. O tempo livre e sem preocupações… curiosamente nessa noite me aconteceu algo que não é comum: tive muita dificuldade pra dormir. Levante da cama por duas vezes pra não ficar forçando e fiz outras atividades pra induzir o sono(TV e depois computador).

         Tenho certeza que as atividades fisicas de alguma maneira devem ajudar, pois contribui pro equilíbrio do corpo e da mente. Talvez o fato de estar estudando o tema também tenha influenciado.

          Finalmente, a experiência nova do sonho que foi a partir do momento que resolvi assumir sutilmente uma narrativa, conduzir o sonho como num movimento narrativo, sem querer fazer coisas grandes demais, eu passei a interagir com meus personagens nos sonhos e a explicar para eles, refletindo sobre o que eu estava fazendo. Apesar de inicialmente frustrado por não levar adiante minhas experiências iniciais com a memória e com desenvolvimento de habilidades, acabei fazendo uma experiência que eu não tinha planejado. Descobri que posso manter o sonho estável, na medida em que conduzo uma pequena história. O próximo passo é juntar esse ingrediente novo nas minhas experiências, para ajudar a estabilizar o sonho.

Você pode gostar...

38 Resultados

  1. Ihhh mas não há muita diferença assim não viu Gadriel(posso te chamar assim?). Digo, é questão de tempo pra conseguir ter mais sonhos lúcidos ou mais longos ou exercendo o controle.
    .
    Não sei se tu reparou no relato, mas eu vinha de um longo período de sonhos lúcidos curtos e irritantes. Diria que os sonhos comuns estavam bem mais interessantes que os lúcidos(tão pequenos e frustrantes).
    .
    Minha sorte é que meu turno noturno deve acabar no começo desse semestre e finalmente vou poder voltar a dormir que nem gente 😉
    .
    Tais aplicando quais métodos e reality checks agora Gadriel?

  2. ADM_G@drIeL disse:

    Muito bom, e lendo os seus sonhos, percebo a diferença entre mim e alguém que já está acostumado com isso hahaha…
    Agora, quanto a estes "Personagens", eu sempre tive uma certa estranheza quanto a sonharmos com pessoas que não conhecemos e mesmo sabendo uma "Explicação" eu continuo achando MUITO estranho esta sensação que eu tenho ao acordar, ao lembrar de uma pessoa que "nunca vi"…
    Enfim, acho que a euforia atrapalha os iniciantes, eu acho que falo por todos os onironautas iniciantes quando temos os primeiros sonhos lúcidos, percebemos que estamos conscientes e pensamos "Vou voar, ir pra marte, lançar mísseis e raios […]" bem ao estilo Chaves (Se é que alguém ainda vê Chaves) e ai quando percebemos estamos olhando pras nossas mãos, mas já acordados, na cama hahahaha
    Enfim, se algum sonhador iniciante ler isso, diga se estou certo ou errado ^^

    *********
    Exclui o outro, acho que você editou, ou não carregou uma parte aqui,sei lá…
    Uma coisa que acho estranho, e que parece que tem me ajudado a ter sonhos lúcidos, é que estudo de manha, mas sou "noturno" e só vou dormir lá pelas 3:30 da manha e acordo 6:30, salvo as excessoes quando eu pego mais tarde, mas não durmo muito, e tive o meu sonho lucido no dia em que eu acordei 6:30, curioso, não?

  3. Ah eu não edito não, até hoje não precisei e nem excluir. No máximo peço pra não escrever baixarias rsrsrs
    Teu horário de sono tá uma tragédia tbém?! Putz! Dormir 3h de sono é para destruir qualquer um. Tens q dar um jeito de arrumar isso! Tá pior q o meu horário, fora das férias -_O
    .
    E bem instigante mesmo tu ter conseguido ter um sonho lúcido nessas condições. Imagina se estivesse com uma qualidade de sono decente!

  4. poxa muito bom hein marlon! eu to na seca por um desses =/ eu só senti essa sensação dos giros uma vez e foi a melhor da minha vida ahsuhashua realmente eh muito bom !

  5. estou no momento anotando td dormindo entre 23:00 e 00:30 até a sexta hora quando acordo com alarme e volto a dormir logo em seguida até acordar sabe-se quando asuhahu

    por enquanto só isso mesmo =/

  6. Mto bom! A gente tem q primeiro de tudo focar na qualidade do sono. Evitar interromper o sono no periodo anterior das 6h iniciais. E daí voltar a dormir claro. Como tais fazendo 😉
    Por falar nisso, vou capotar!
    Bons sonhos ocmpanheiro!

  7. Aeee mais um SL!!!! Depois de um bom tempo sem um ai veio um curtinho mais muito bacana. eu fui me deitar ontem por volta de 00:30 e acordei as 06:30 com alarme e dormi até ás 08:30. O Sonho obviamente ocorreu entre 6 e 8 horas;

    Eu estava na casa do meu irmão com um pessoal e talz, esperando um casal que havia se mudado para a casa da frente. O Casal era muito gente fina e talz e convidou agente pra um jantar e o cara falou que tinha um trabalho pra mim. Chegando la tinha duas mulheres sentadas na mesa conversando e uma senhora em pé provavelmente a mãe da menina do casal. O Cara me chamou de canto e foi falar sobre o trabalho. Sentamos e ele falava; Preciso que vc conte piadas e talz e preciso que seja bem divertido mas barato, só que o bom que vou ajeitar uma dessas minas ai pra vc ela é bem gostosa num é ? e blá blá blá quantos anos vc tem? 18? Eu já passei por essa fase e blá blá blá, foi quando ele querendo representar algum numero me mostrou a palma da mão. (foi tanto de vc’s falarem dessa maldita dessa mão que aconteceu comigo! AUHSHUAS) E estava la cinco dedos normais mais dois dedinhos intrusos auhshuauhsa foi quando percebi e olhei para as minhas mãos tbm e vi todos os dedos desfigurados e percebi que estava sonhando. Levantei-me e deixei o cara falando la sozinho auhshua eu fiquei tão pasmo que ficava repetindo isso várias vezes; “estou sonhando, estou sonhando!” Fui para o lado de fora da casa onde encontrei um amigo meu e ele ainda conversava normalmente comigo como se fosse um sonho, e eu falava ; “Mano eu to sonhando, você só faz parte do meu sonho, vc não é real” E ele dava risada de mim como se eu estivesse louco. Eu tentava repetidamente voar , tentar fazer alguma coisa fora do normal pra provar pra ele que era só um sonho mais o máximo que consegui foi um pulo alto. Pensei em conversar com alguém dali mais do jeito que a conversa com o cara tava chata pensei que não seria o sonho mais adequado xD Depois enquanto eu tentava voar, já pensava em várias coisas e já pensava em como ia anotar o sonho quando acordasse, foi ai que o sonho escureceu e quando tentei girar eu já tava quase acordado e logo acordei ;(
    Acho que fiquei impressionado de mais com a sensação de estar lucido pq no momento estou assistindo novamente a trilogia matrix então esse negocio de realidade ta mexendo um pouco comigo auhahu

  8. poxa mano esqueçi tbm completamente dos métodos de prolongação na hora do sonho em si, eu só lembrei do giro mais bem no finalzinho, o pior foi que o sonho esquereceu muito RAPIDO mesmo do nada, n deu tempo =/ acho q foi algum barulho que me acordou pois eu acordei com sono ainda ;(

  9. Eu me diverti com a tua reação quando o cara te mostrou a palma da mão! rsrsrsrs Visualizei e ri aqui imaginando a tua consciência assumindo a bagaça!
    .
    Talvez seria interessante tu experimentar a técnica de controle e prolongamento das portas Breno. A eficiência pra mim anda absurdamente boa. Se puder dê uma lida em 3 supersonhos lúcidos que eu descrevo aqui, onde as portas foram fundamentais pra isso.
    .
    E parabéns pelo sonho lúcido companheiro! Yeaah!

  10. Bacana o sonho hein Marlon 😀 e o seu tb Oliveira!
    Estou oficialmente de férias, eu há de desenvolver bastante as minhas habilidades 😀
    .
    Lembro do Oliveira falando que, segundo um escritor, o sonho é uma narrativa. Sendo assim manter uma narrativa pode ser realmente um ferramenta para ajudar a manter o sonho estável!

  11. Exatamente Tulio e conste nos altos que o escritor dessa afirmação foi Carl Yung ;D

  12. perdão "Carl Jung" que escrevi como se pronuncia aushahus

  13. ART disse:

    Fala Márlon, td blza?

    Pô cara duas coisas me chamaram muito a atenção.

    Primeiro – Vc falando aí de férias e sonho lúcido, agora que liguei as coisas, quando eu tive o meu primeiro sonho lúcido eu estava tb de férias em MG e lendo o livro do Castaneda (A arte de sonhar).
    Então achei interessante mesmo que o relax das férias seja bom para se ter Sl.

    Segundo – Citando o que o Breno disse "eu fiquei tão pasmo que ficava repetindo isso várias vezes; “estou sonhando, estou sonhando!”

    Isso tb aconteceu comigo neste Sl que tive nas férias, eu conseguia olhar para minhas mãos e ficar lúcido, não tinha dedinhos a mais e nenhuma bizarrice dessas, a única coisa que lembro é que eram mais brancas do que o normal que nem mão de fantasma, aquela cor branca-azulada sei lá.

    Mas o mais interessante mesmo, é que eu realmente fiquei que nem um doidinho pra lá e pra cá correndo sem saber para onde ir e gritando eu estou sonhando, to sonhando, kkkk e um carinha lá na minha cola querendo papo e eu nem aí pra ele sabe? Sai empurrando ele pra sair da minha frente procurando um local que nem eu sabia aonde era e gritando "tô sonhando" kkkkkkk Interessante estas ligações. rsrsrs

    PS 1. Doido para chegar minhas férias em Setembro.

    PS 2. Sabe onde eu estava no sonho lúcido que contei? E olha que foi em 2010 vai fazer 1 ano agora, estava num labirinto amigo, esses labirintos me perseguem há anos. rsrsrrsr

    Abçs a todos e bons sonhos.

  14. É verdade ART, benditas féééériaaasss ;))
    .
    Uma coisa que eu acho bem contagiante é esse momento que dá o "click" quando a gente tá sonhando e percebe. Mesmo nos relatos, a gente percebe como isso é divertido e fascinante.
    .
    O lance do labirinto q te persegue tu sabe q dá pra aplicar o Método de Tholey? É o 5º passo se não me engano, quando menciona os "temas recorrentes" 😉

  15. Carlos disse:

    Muito bom Marlon.
    Curti muito o seu sonho principalmente a parte da sala de jantar e a capacidade de fazer os "personagens" te seguirem.

    Breno Parabens
    Foi um otimo sonho. No meu ultimo SL longo quando precebi que ia acordar dei logo o giro e tudo voltou ao normal. Funcionou muito bem comigo.

    Tive um SL hoje mas foi relâmpago foi assim: comecei num local aberto tipo um sítio todo gramado e poucas arvores onde o céu estava laranja vi minha mãe deitada na grama e um homem sentado ao lado. Mas minha mãe não parecia bem. Logo pensei estou sonhando, por instantes pensei em olhar para as mãos mas não olhei e quis acordar. Não fiz esforço nenhum dessa vez e me vi sair do corpo e indo para trás me afastando de mim e dos 2 personagens ate q passei tipo por um túnel branco de luz e abrir os olhos, senti meu corpo meio dormente mas consegui levantar. Tentei dps dormi e ter outro SL mas não consegui. Mesmo com a lucidez não queria nem em sonho ver minha mãe morta, por isso sai do SL sem aproveitar. O Sonho em si durou uns 5 segundos.

  16. Psicólogo disse:

    Sabe o que mais me fascina em relação ao sonho lucido? A possibilidade de treinar novos comportamentos, novas habilidades.

  17. Psicóloga, bem-vinda!
    Ah! Fique de olho então porque segunda-feira vou impostar um texto sobre pesquisas recentes relacionando a possibilidade de tratamento de estados psicóticos ou estados anormais de dissociação de consciência, utilizando as últimas descobertas na área dos sonhos lúcidos.
    😉

  18. GH disse:

    Eae Marlon, beleza?
    É o seguinte, hoje dia 18, consegui ter meu primeiro SL, porém não foi exatamente o que eu esperava.
    Estava eu numa antiga casa que morei em minha infância, alguns parentes estavam nela, até aí normal, então disse para eles:
    -Pessoal, vamos lá pra fora que vou fazer uma demonstração de vôo.
    E lá foram eles pro quintal
    Peguei um impulso e decolei.
    Enquanto estava voando me veio a mente
    -Perai! Não posso estar voando de verdade.
    Então saquei na hora, é um sonho.
    Fui lá olhar minhas mãos em pleno voo
    Estranhamente meus dedos pareciam bem certinhos. Pousei no telhado da casa e resolvi contar meus dedos. Me sinto um idiota fazendo isso mas sabe com é.
    Percebi que faltava um dedo na mao direita.
    Então desci do telhado e fui mandando todo mundo entrar na casa.
    Sabendo que eles fazem parte do meu subconsciente fui fazer algumas perguntas para um dos que estavam alí, ele se negou a responder qualquer coisa.
    O interior da casa começou a se modificar e se transformou no apartamento desse meu parente.
    Ou seja a narrativa do sonho estava correndo sozinha.
    Todos desapareceram e havia apenas um homem vestido de preto alí.
    Ele tentou me arrastar para uma porta que havia alí, consegui me soltar e resolvi usar meus "poderes" contra ele.
    Não consegui nada. Estava consciente mas não conseguia controlar o sonho.
    Olhei para um relógio digital alí, marcava 25:25, confirmei que estava num sonho.
    O cara veio pra cima, achei um cabo de vassoura e parti pra pancadaria. Umas vassouradas e o cara foi pro chão.
    Disse a ele que era o meu sonho e que eu mandava ali, então mandei ele ir embora.
    Ele riu, levantou e saiu por aquela porta, o lado de fora era um lugar totalmente claro e branco, resolvi ir até lá. Quando eu saio do apartamento tudo começa a escurecer, lá vou eu esfregar as mãos e percebo estar de luvas, vou tirando elas e me sinto saindo do meu corpo do sonho, meus olhos "fisicos" se abrem e percebo que acordei.
    Então Marlon, como esse foi meu primeiro sonho lúcido fiquei confuso com tudo isso, já que você está mais interado com o assunto gostaria de saber a sua opinião.

  19. Uau! Que sonho lúcido bacana heim GH!
    Parabéns companheiro! Tu teve um sonho lúcido incrível, ainda mais considerando ser o primeiro. Enfrentasse teu medo ali na vassourada kkkkkk
    .
    Tem aquele jeito do sonho do LaBerge que é bem interessante, no qual ele assume que o personagem é uma manifestação de algo do subconsciente dele, olha nos olhos do "Ogro"(era um aluno enraivecido na aula dele) e decide sentir amor e compaixão. Mto show.
    .
    Eu achei incrível tudo q tu conseguiu fazer, ainda mais para um primeiro sonho lúcido. Vinha fazendo qual método e reality check? Mto tempo no diário de sonhos?

  20. GH disse:

    Faz aproximadamente uma semana que comecei com essa de sonhos lúcidos.
    Como eu não sou muito de seguir essas coisas de métodos, regras e tal, estava apenas fazendo o reality check das mãos, bem poucas vezes por dia, procurando mais questionar-me o tempo todo "Estou acordado ou sonhando? Como vim parar aqui?".
    Apesar de não usar diário dos sonhos, eu faço uma "revisão mental" dos sonhos que tive na noite.
    Outra coisa que pode ter influenciado é a minha facilidade de lembrar dos meus sonhos, geralmente lembro de mais de um por noite, tem dias que me lembro de uns quatro sonhos no máximo.
    Achei a experiência muito bacana, apesar de não ter conseguido "controlar" o sonho.

  21. Free-Lipe disse:

    Aeeeeee! Demais esse relato, Márlon ! Inspirador, eu diria. Oq você disse no início do texto é a mais pura verdade: ansiedade atrapalha e muito Sonhos Lúcidos, e isso eu já aprendi a controlar bem !

    Só estou na seca de SLs por falta de tempo (minhas férias ainda estão longeeee e esse trabalho novo mudou demais minha rotina!) :/

    Mas sei que assim que puder relaxar a mente, os SLs vão voltar naturalmente !

    Parabéns pela experiência e obrigado por compartilhar com a gente ! 🙂

  22. GH muito loko seu SL ! assim como vc, meu primeiro SL tbm foi bem longo e detalhado e tbm acordei confuso e eufórico xD me rachei com a parte do relógio "25:25" ASUAHSUHAUSH muito bom mesmo cara, parabens! e que venham mais SL's ! =D

  23. Muito legal o blog, com as dicas dele consegui meu primeiro sonho lúcido, ão consegui muito controle sobre o sonho, mas mesmo assim foi uma sensação muito boa.
    Foi estranho do modo como ocorreu, foi um sonho lúcido dentro de um sonho, ou seja, eu estava sonhando que estava sonhando e nesse segundo sonho eu estava lúcido.
    O teste de realidade foi essencial, muito estranho foi ver seis ou sete dedos nas mãos e respirar com o nariz tapado.
    Continuo com meu diário dos sonhos e acho que minha motivação que faz com que eu lembre muito bem dos sonhos (às vezes mais de 4 por noite). Continuarei aplicando os métodos e esperando mais sensações loucas como essa.
    Valeu pelo blog

  24. Seja bem-vindo Douglas! E obrigado pela força!
    De acordo com a Dra. Delaney, anotar um sonho por dia no diário já é suficiente pra fortalecer nossa memória dos sonhos e ficar mais fácil reconhecer a estrutura do sonho quando estivermos por lá 😉
    E é bom demais a experiência heim! Parabéns!

  25. Ola meu nome é Youssef sou um menino de 16 anos….. desde que eu fiz 12 anos começei a estudar sobre sonhos…pq? simples eu tive um trauma com 11 anos sobre um sonho que se repetia a 1 mes mais ou menos….desde entao eu nao aguentava mais entao novamente no sonho eu fiz diferente eu enfrentei akilo que me pertubava e concegui… primeiro sonho lucido meu…desde entao percebi que eu sou uma pessoa que consegue ter sonhos lucidos faceis porem nao tao prolongado devido a falta de silencio.. enfim eu sou uma pessoa que lembra 90 por cento do sonho e tbm tenho no minimo 3 sonhos na noite…. queria saber se vcs poderiam me ajudar com algumas coisas…. ou seja dizer para mim se eu tenho uma certa facilidade de sonhar pq pelo que eu vi so jovem e sei manipular o sonho nao 100 por cento mais grande parte dele ja consigo manipular ou seja…. voar soltar poderes desejar as coisas e conseguir… mais sinto que ha falta em algo entende?….. enfim me ajudem pois vejo que posso ser uma otima experiencia para lhe dar com sonhos… acreditem eu sou jovem e ja to nessa loucura desde os 12 anos e atualmente como eu disse tenho 16…..vlws aew gente..

  26. Olá Youssef, seja bem-vindo companheiro onironauta!
    Pelo que entendi tens facilidade de controlar os sonhos. Com os sonhos lúcidos dificuldade e prolongar eles, não é?
    Experimente a "Técnica das Portas". Fiz alguns posts sobre ela e talvez seja tão eficiente pra ti como tem sido pra mim.
    Não deixe de usar algum "Método"(Tholey, MILD, WBTB…).
    Eu mudei radicalmente de opinião, depois que tomei conhecimento e experimentei esses métodos. De fato contribuem muito para conseguirmos acessar o estado mental dos sonhos de modo consciente.
    Abs e bons sonhos garoto!

  27. Hm.. estava lendo as postagens e logo bati um olho em algo que me surpreendi… tem uma postagem que diz enfrente seu sonho vire um super saiyin… Enfim geralemnte qd estou num pesadelo faço exatamente isso, ou uso poderes de outros personagens(quero saber se tem relação pq ainda sou novo 16 anos) que tenho esse costume de usar poderes de personagens de desenhos…. enfim queria saber mais uma coisa se é normal que um menino de 16 anos tenha sonhos lucidos tao facilmente ou se para minha idade é comum pesquisar sobre essas coisas….. outra coisa tenho uma feira de ciencia nessa sexta feira e vou falar sobre sonhos…. usei bastante informação que obtive nesse site.. claro vou falar que informaçoes foram retiradas daki e vou divulgar o site de vcs num cartaz… se vcs kiserem posso filmar a apresentação e mandarem para vcs…. falando em outra coisa agora geralmente eu sonho com 1 cara que qd estou voando ele tbm esta ele me segue, e por mais que eu tento elimina-llo com minha narrativa ele nao sai do sonho… keria saber oq fazer ele nao sai de jeito nenhum…. outra coisa geralmente qd estou acordando tento continuar a narrativa porem nao da certo algo da errada eu ainda nao sei…. pois estou dormindo trankilo… la pelas 7 horas de sono geralmente acordo é qd acaba minha narrativa…. keria saber se alguem poderia me ajudar nisso tambem… grato valeu vou divulgar esse site é mt bom abrasss gente

  28. Olá Youssef Kun,
    Mto boa essa de volta e meia tu tbém controlar teus sonhos. Usar super-poderes como voar, atravessar paredes, super-força etc.. podem trazer um prazer todo especial. Diria que não existe game no mundo que possa dar um prazer como esse. Pelo menos ainda ;p
    .
    Sobre se preocupar se é normal ou não ou comum ficar se interessando sobre o tema…
    Sempre vai ser ruim quando for prejudicial pra tua vida pessoal.
    .
    Isso vale para qualquer coisa que tu esteja voltando de modo exagerado a tua atenção, a ponto de te prejudicar nas demais áreas da tua vida.
    Sem querer dar uma de terapeuta, psicólogo ou coisa do gênero(quem sabe um filósofo clínico rsrsrsrs), mas é o caso de simplesmente procurar manter um posicionamento crítico-reflexivo sobre a tua vida.
    .
    Tá se privando de coisas que são essenciais, como família, amigos, estudos, etc.. para ficar em função de alguma obsessão?… E isso está te trazendo prejuízos? Acho que é isso que tem que ser refletido.
    .
    Quanto a idade, de jeito algum. E parabéns pelo engajamento na Feira de Ciências! Capriche na preparação, no que vai expor. Uma idéia é usar o vídeo do Globo Repórter, especialmente a parte que o neurocientista brasileiro, Sidarta Ribeiro, responde questões sobre o tema:
    Vídeo Globo Repórter Sidarta Ribeiro.
    .
    Sinta-se à vontade para usar todo material e bibliografia do blog e tirar dúvidas comigo pelo marlonjatahy@sonhoslucidos.com
    .
    Há um parágrafo de um texto que ficaria especial pra ti citar na Feira de Ciências:
    "Apesar dos abundantes depoimentos subjetivos sobre o uso dos sonhos lúcidos para o treino de habilidades usadas na vida real, o potencial cognitivo desses sonhos ainda está por ser sistematicamente explorado pela ciência. Se confirmado e disponibilizado para o público em geral, o uso dos sonhos lúcidos para o autoconhecimento e aprendizado virtual pode vir a representar um salto de grandes proporções para a evolução da consciência humana."
    .
    O vídeo será muito bem-vindo Youssef! Capriche aí companheiro!
    .
    Por fim quanto ao perseguidor, aplique o Método de Tholey que esclarece o uso de temas recorrentes nos sonhos. Isso é altamente aproveitável pra ti.
    .
    Abçs e boa Feira de Ciências!

  29. Anônimo disse:

    Hj enquanto eu sonhava eu sabia que estava sonhando mas mesmo assim nao consegui tomar controle de meu sonho …pq isso aconteceu?

  30. Marisa disse:

    É dificil ter o controle, mas não impossivel, requer pratica e persistencia.

  31. Thanks-a-mundo for the article post.Really thank you! Fantastic.

  32. Im obliged for the blog.Much thanks again. Fantastic.

  33. Hey, thanks for the blog.Really thank you! Much obliged.

  34. I value the article post.Much thanks again.

  35. Very good article post. Fantastic.

  36. Thanks so much for the blog.Much thanks again. Fantastic.

  37. Stuart, what beautiful words about Mr. Kahn and his love for Arlene, as well as your love for him. I had the pleasure of working for Mr. Kahn for almost 15 years. I have missed him every day since he stopped coming to the office. During my conversation with countless clients and friends of Mr. Kahn’s this week, I was reminded again and again of how special he was. When he interviewed me after moving here from Long Island, I thought to myself “that was the funniest and most interesting interview I ever had!” He would ask me a question like “are you married and do you have any children?” and I said “No” and then he said “You didn’t have to answer that.” His next question, “What brought you to Miami?” I said “My fiancé was transferred here.” His response, “You didn’t have to answer that.” This went on during the entire interview. Mr. Kahn gave me a shot almost 15 years ago without having my Florida Insurance License and not speaking Spanish. I hope I made him proud in the time that I have been here at Kahn-Carlin. I was proud to call him by Boss and my Friend. I know he will always be here with us at Kahn-Carlin as he loved being here. I still can see him sitting in our kitchen at the office, coffee cup in hand, newspaper on the table and everyone would be greeted with a smile as we came in each and every morning! Heaven has been blessed with a new Angel, and I will miss him terribly.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *