Tag

Técnicas para induzir Sonhos Lúcidos

Browsing

       Inception – A Origem é o que vem a mente quando mencionamos Totem. Para nós, interessados em desbravar o uso da consciência nos sonhos, o uso de uma ferramenta como essa não pode ser desprezado. Ele funciona baseado no mesmo princípio dos Testes de Realidade ou Reality Checks.

 
       Sabemos que olhar para as mãos, acionar um interruptor ou observar-se no espelho, num sonho, irá com muita frequência, dependendo da sua afinidade com a técnica, produzir resultados diferentes da vigília(quando acordado). A lógica cede espaço nos sonhos para a dominância da imaginação ou criatividade. É o nosso universo psicodélico particular. Salvador Dali que o diga!

       Baseado nessa idéia, a partir de hoje, vou passar a ser adepto dessa técnica já bastante difundida entre os onironautas(antes mesmo do filme). Pelo que percebi há Totens bem variados: moedas, dados, peões, celular, relógio, bolinhas etc..

Meu velho relógio vai ser meu Totem, para me auxiliar em levar minha consciência nos sonhos.

      No meu caso, escolhi meu velho e bom relógio digital. É um Cásio das antigas que está fora da linha de produção faz muuuuuuuito tempo! Ganhei ele décadas atrás do meu paizão. Nem dou muita bola pro meu celular e como esse reloginho me acompanha faz uma época, nada melhor que ele pra servir de cobaia das minhas experimentações com a técnica do Totem!
      E você? Já usa ou pensou em escolher algum?

   Finalmente tirei um tempo para ler e traduzir os métodos DEILD e FILD de indução de sonhos lúcidos. O FILD já foi comentado por aqui… na verdade fui atrás desses métodos porque os onironautas pareciam bem entusiasmados com o FILD. Por isso vou começar com o DEILD que é de onde o FILD partiu e que também é divulgado pelo LaBerge em alguns dos seus livros e apresentações.
DEILD – Exit Initiated Lucid Dream
   DEILD  significa Dream Exit Initiated Lucid Dream, também é conhecido como “Dream Chaining”. Trata-sede uma versão menor do WILD. O DEILD parece possuir a vantagem de permitir multiplos sonhos lúcidos numa mesma noite. O método se beneficia do fato que o cérebro se mantém num estado de alerta de reconhecimento do sonho por alguns momentos, logo após sair de um sonho e claro desde que você não se mexa e insista em permanecer adormecendo. Com isso o cérebro poderá continuar aplicando as ondas cerebrais típicas das fases REM do ciclo do sono.
REQUISITOS:
Para maior eficiência do método DEILD é importante que você tenha boa capacidade de reconhecimento ou lembrança dos seus sonhos. Recomenda-se um mínimo de capacidade de recordação de 10 sonhos por semana ou mais, antes de começar a praticar o DEILD.
O que eu estava sonhando mesmo?!…
Despertando após um sonho: o método!
      Assim que você acordar, não se mexa! Você provavelmente despertou após um sonho, mas talvez não se lembre. É fundamental que não se mexa e que procure se recordar no que estava pensando ou visualizando…. isso ajudará a retornar aos sonhos, mantendo seu cérebro nas ondas REM do sono.
     Poderá acontecer alguma paralisia do sono ou alucinação hipnagógica… nada com o que se assustar afinal já tais sabendo que são estados neurofisiológicos do sono( e não diabinhos, ETs ou fantasminhas).
O sonho lúcido não virá apenas se coincidir de que a fase REM já se encerrou. Caso você tenha conseguido voltar pro sonho…
…você pode voltar a focar que sensações sentia no sonho anterior, visualizando e sentindo, quem sabe até ouvindo… caso não consiga é porque saiu da fase REM e o negócio é tentar na próxima vez.
Esse método é especial também para voltar a ter sonhos lúcidos, numa mesma noite, logo após cair fora de um.
Vantagens:
– Finalmente não é preciso interromper o sono lá pelas 6h e voltar a dormir…
– É possível se aproveitar da capacidade do nosso cérebro de voltar pro sonho e exercitar isso. Assim, há boas chances de sonhos lúcidos em sequência!
Desvantagens:
– Prepare-se para ter falsos despertar! São abundantes os relatos deles com esse método.
– Conseguir lembrar logo ao sair de um sonho que não é pra abrir os olhos e se manter imóvel.
– O método já começa exigindo mínimo de 10 sonhos por semana… com uma memória dessas a impressão que tenho é que nesse nível, qualquer método vai bombar.
Fontes:

http://www.dreamviews.com/f12/deild-dream-exit-initiated-lucid-dream-36281/ 
Tutorial da Klace http://www.dreamviews.com/f12/deild-dream-exit-initiated-lucid-dream-36281/ 
Tutorial do ninja9578( http://www.dreamviews.com/f12/ninjas-deild-tutorial-53266/ )

       Sabe-se que os sonhos lúcidos costumam acontecer nas fases REM do sono. E que esses períodos, em que mexemos nossos olhos ávidamente de um lado para outro, vão se prolongando na medida em que o sono vai progredindo. Quanto mais completo o sono, atingindo a 7a e 8a hora, muito maiores serão as fases REM, preenchidas com intensos sonhos vívidos.

É possível passar direto do estado acordado para os sonhos de maneira consciente.
        Stephen LaBerge, relata a experiência que fez com uma sonhadora, Laurie C., nos seus laboratórios de sono, em que a mesma apresentava habilidade para iniciar seu sono se mantendo consciente. O método que se mostrou eficiente para Laurie foi dormir fazendo a seguinte contagem: 1, estou sonhando, 2 estou sonhando, 3 estou sonhando… e assim sucessivamente até se flagrar consciente no sonho!…

        O relato está presente no livro de Stephen LaBerge, Sonhos Lúcidos e eis o interessante relato de Laurie:

         “Estava num supermercado, indo por um dos corredores; só que estava de pé num carrinho de compras que corria tanto que até zunia. Quando passei pelas garrafas de Coca e Pepsi, percebi que estava dormindo. Lembrei-me de olhar para as mãos mas parece que elas não queriam chegar ao nível dos olhos”

        

Impossibilidade de visualizar as próprias mãos podem significar não estar numa fase REM do sono.
           Essa dificuldade de Laurie em conseguir enxergar as próprias mãos, é um forte indício da comprovação da hipótese de  LaBerge de que a manutenção da consciência no estágio inicial do sono, implicaria numa estrutura de sonho inferior ao dos sonhos pertencentes aos períodos REM. “Nos sonhos lúcidos do período REM quem está sonhando normalmente tem um controle volitivo do corpo de sonho.” – afirma LaBerge. Ainda assim o pesquisador, faz a ressalva que é necessário pesquisar mais para se chegar a uma conclusão.

         Stephen LaBerge portanto nem chega a denominar isso como um Método. Trata-se de uma interessante abordagem feita por ele para pesquisar os sonhos iniciais do sono e a manutenção da consciência, ou melhor, a passagem mais direta da vigília ou estado desperto, para a consciência nos sonhos.
         O pesquisador defende ainda ser mais adequado experimentar isso durante as sonecas da tarde, período em que ele experimentou os melhores resultados:

        “Mas a hora ótima para entrar nos sonhos lúcidos REM diretamente do estado acordado pode ser à tarde. Baseio esta sugestão no fato de meu registro pessoal indicar que a proporção de sonhos lúcidos iniciados no estado acordado é seis vezes maior nas minhas sonecas da tarde do que no sono noturno.”

         De minha parte, relato a minha experimentação com o Método da Contagem, num sonho que ocorreu antes do término da minha primeira hora de sono. De início achei que tinha sonhado fora da fase REM, pois analisando os gráficos das fases REM, notei que sempre se inícia nos minutos finais dos primeiros 90 minutos de sono. No meu caso eu acordei e haviam passado apenas 52 minutos.
         Apesar da minha conclusão inicial ter sido que eu havia sonhado fora da fase REM, agora coloco isso seriamente em dúvida, pois o nível de detalhamento foi muito superior ao sonho de Laurie C. e principalmente, a duração foi bem mais que alguns segundos:
         

     “Uma criatura sombria estava grudada em mim. Não me largava e eu tentava não me assustar. A contagem do LaBerge havia dado certo! E sabia que me livraria desse monstrengo. Voava e ela permanecia grudada em mim. Engalfinhada, mas após algumas chacoalhadas e muito autocontrole, me livrei!
Imagem aproximada do que me atormentou no início do sonho lúcido rsrsrs

     
No chão me deparei com uma praça. Muitas árvores ao centro dela. Eu estava próximo de uma casa e flutuei até uma calçada ali no centro pensando numa resposta de um experimento(que é secreto hehehehehe).

      A  resposta veio e assim que a obtive comecei a cantar ela para não esquecer, pois era muito longa.

      Enquanto cantarolava a minha resposta do experimento, lembrei-me de um desafio proposto num tópico “Desafio Lúcido” aqui da comunidade, estipulado na nossa comunidade:

     PRECISO DE UM ESPELHO… e lá fui eu! Encontrei uma casa com uma porta e um vidro bem espelhado. Eis que meu reflexo era de uma moça!… uma moça morena, de pele branquela e bonita! Fiquei pensando se não seria meu lado feminino hehehehehe e então minha imagem apareceu logo atrás.
     Continuei cantarolando a musiquinha da resposta e lembro que cantarolava a maior parte e guardava numa espécie de segunda memória visual o resto. 0_o
      Flutuei até a praça, atravessando a rua e chegou um picolezeiro. Peguei uma caixa de isopor dele e fui batucando a musiquinha… com a minha resposta 😉
      Havia uma lunimonisade muito forte se aproximando e flutuei até uma sacada, para encontrar uma porta e ir para… tentei dar uma pensanda no que desejava encontrar do outro lado, mas cantarolando minha resposta e visualizando uma parte final, peguei na maçaneta e abri para o meu despertar.

           Atenção:   Postagem editada.




Fonte:

LABERGE, Stephen. Sonhos Lúcidos. 1985
Ed. Siciliano Livros, Jornais e Revistas Ltda. 1990(esgotada)


        Fiz uma pequena pesquisa de 02 meses, através de uma enquete, procurando reunir informações sobre quais eram as maiores dificuldades, dos onironautas interessados em sonhos lúcidos. A dificuldade mais votada foi a de conseguir lembrar dos sonhos. Dos 183 votos computados, 53(28%) foram para a maior dificuldade: a recordação dos sonhos.
       É interessante essa informação porque parece revelar que isso ainda pode ser mais frustrante do que conseguir se manter consciente ou prolongar a lucidez num sonho(34 votos – 18%). Pelas conversas com os onironautas, fica bem claro ser a maior queixa, a dificuldade de ficar lembrando e anotando os sonhos. Seja pelo pouco tempo que se dorme, pelo stress e  correria do dia-a-dia.  E isso é o primeiro passo para conseguir ter consciência nos sonhos:

O reconhecimento do estado do sonho, pode depender fundamentalmente dos pequenos exercícios de anotações dos sonhos.
“O mecanismo(anotar) ainda não está bem claro, com relação a interferência do modo como isso ajuda a conseguir ficar consciente nos sonhos. Mas uma hipótese interessante é que vamos exercitando o reconhecimento daquela realidade que pertence a nossa mente. E para exercitar o reconhecimento daquela realidade, precisamos pelo menos, lembrar dela.”

         Assim como a maioria, também tenho problemas com uma rotina agitada que me dificultam um pouco, criar o tempo para lembrar dos sonhos e fazer as anotações. Assim, como sugestão imediata e eficiente, segue o link com as orientações da Dra. Delaney, na parte mais embaixo do texto, há descrição minuciosa em 8 passos para fazer bombar a recordação dos sonhos.:

https://www.sonhoslucidos.com/2010/12/como-lembrar-dos-sonhos.html
    

         Outra informação interessante foi que 48 votos ou 26% se manifestaram sem paciência para usar um método de indução de sonho lúcido. Vale informar aqui, os métodos que considero mais simples e de prática eficaz:
Adotar pelo menos 01 método de indução de sonho lúcido e seguir ele por algumas semanas, é uma boa  estratégia para descobrir qual método é mais compatível para o sonhador.

WBTB (Método Wake Back To Bed)
https://www.sonhoslucidos.com/2011/02/metodo-wake-back-to-bed.html

MILD (Mnemonic Induce Lucid Dream):
https://www.sonhoslucidos.com/2010/09/metodos-mais-conhecidos-para-conseguir.html

e  o
Tholey:
https://www.sonhoslucidos.com/2008/03/mtodo-para-aumentar-suas-percepes-num.html

       
          Prolongar a lucidez veio em 3º lugar com 34 votos ou 18%. Interessante que essa é a dificuldade que achava ser a que viriam em primeiro lugar. Terei que fazer uma nova enquete, dessa vez colocando o item “Ficar lúcido”. Pode ser que seja considerado mais difícil do que qualquer outro.

        Dormir o suficiente veio em 4º lugar, com 26 votos ou 14%. Nesse caso, pode-se deduzir, estar diretamente relacionado com a dificuldade de lembrar dos sonhos, pois fica difícil lembrar dos sonhos quando não se dorme o suficiente.

       No próximo post, comentarei sobre o Método da Contagem, do Stephen LaBerge e como ele fez eu ter sonhos lúcidos em 2 noites seguidas.

      Esse método foi desenvolvido por Daniel Love, um sonhador lúcido britânico conhecido da área, autor de livro sobre o tema.
      O CAT é um método fácil para aprender a ter sonho lúcido. Funciona com base no ajuste dos ciclos de sono e melhora da consciência nas manhãs, quando os períodos de fase REM são maiores. Realizado adequadamente, verificou-se ser possível até 4 sonhos lúcidos por semana.
O Método Cat implica na exploração direta dos ciclos de sono, melhorando a percepção nas fases mais longas do REM.
      Em um experimento conduzido por 10 estudantes, o método CAT obteve sucesso com 8 deles, em apenas 2 semanas, com uma média de 2 sonhos lúcidos por estudante. Com persistência esse método pode chegar a 4 sonhos lúcidos por semana.
Dois passos simples:
Passo 1: Programe o alarme para despertar 90 minutos antes do horário normal de acordar. Levante-se durante uma semana inteira, nesse novo horário. Isso irá restruturar seu relógio interno. Como resultado disso, você não experimentará sonho lúcido algum, durante essa primeira semana.
Passo 2: Começando no 8º dia, alterne sua hora de acordar com o seu dia normal. Acorde no horário normal num dia, acorde naquele horário mais cedo no dia seguinte. Siga alternando: dia com o horário normal para despertar, no outro mais cedo.
O condicionamento ao novo horário de sono, possibilita ao sonhador chegar consciente no sonho com mais facilidade.
        Durante os dias de horário de acordar normais, seu corpo antecipará um despertar mais cedo. Seu cérebro já estará estimulado, permitindo facilitar a lucidez. Isso vai melhorar as chances de ter sonhos lúcidos por semana.
       O método não requer visualizações, uso de memória ou qualquer outro truque mental. A parte mais difícil é acordar mais cedo e se disciplinar com a nova rotina.

     Ricardo Pereira é a mente por trás desse belo vídeo para indução de sonhos lúcidos. É um onironauta brasileiro que se revelou pioneiro na produção desse tipo de vídeo. Pode ser encontrado como membro da comunidade Sonhos Lúcidos do orkut e nos brindou com sua criação:

http://www.youtube.com/watch?v=fXMyw-qkf1A

Vídeo brasileiro produzido por Ricardo Pereira, com mensagens subliminares para induzir sonhos lúcidos.

      Seu vídeo é 100% criação brasileira, utilizando como método, o mesmo de Pete Casale:
https://www.sonhoslucidos.com/2010/11/videos-especiais-para-induzir-sonhos.html

      Vale ressaltar que o uso dos vídeos com mensagens subliminares devem ser utilizados como suplemento à utilização de algum método(Tholey, MILD, WILD etc..) para indução da consciência nos sonhos. O efeito dessa ferramenta é ainda mais eficiente caso o sonhador esteja se utilizando de algum método, anotando seus sonhos e fazendo testes de realidade(reality checks como olhar para as mãos, espelhos etc..).

       O uso de certas mensagens subliminares, como são bem conhecidas, foram proibidas nas propagandas televisivas. Pelo menos aqueles efeitos mais agressivos, em que comprovadamente a indução pela compra do produto se revelara muito forte.

       No caso que estamos tratando, tanto o vídeo do Ricardo Pereira, como o de Pete Casale, são vídeos inofensivos, unicamente produzidos para provocar a indução da nossa consciência nos sonhos. 

       Totalmente diferente do caso desse vídeo abaixo, no qual o bombardeio com frames eróticos e sado-masoquistas acabaram levando a sua proibição:

http://www.youtube.com/watch?v=hxV-b_E_wuw&feature=player_embedded#at=33

Vídeo proibido da MTV pelo conteúdo forte de mensagens subliminares.

“Em um determinado filme foi introduzido em um único frame dentro de cada segundo uma mensagem onde se lia “Beba Coca-Cola”. Terminada a sessão, foram registrados índices bem superiores de venda de Coca-Cola naquele cinema, naquele dia. Propaganda subliminar em quase toda Europa e Estados Unidos é uma técnica proibida, pois a pessoa é exposta a uma mensagem e não tem consciência disso. Na década de 70, empresas americanas programavam softwares que emitiam mensagens subliminares incitando os funcionários a trabalharem cada vez mais. 

E para quem pensa que Propaganda Subliminar começou apenas após esses testes na década de 50, se engana. Hitler já utilizava-se dessas técnicas para obter um total controle e dominação das massas e existem vários registros de utilizações anteriores. A mensagem subliminar pode ser utilizada tanto para vender alguma coisa, como para passar ideologia, o que pode ser ainda mais preocupante do que a primeira.” *



*http://www.portaldomarketing.com.br/Artigos_Psicologia/mensagens_subliminares.htm