Tag

Tecnologia para Indução de Sonhos Lúcidos

Browsing

        Uma conquista científica para deixar qualquer um babando: foi dado um importante passo, no desenvolvimento da tecnologia de conversão de imagens mentais em movimento, para filmes. O professor Jack Gallant é uma dos principais cientistas envolvidos no grande projeto, na Universidade de Berkeley.
        
        O principal objetivo desses estudos, é conseguir usar as atuais tecnologias de medição e análise das atividades cerebrais, para reconstruir as imagens mentais em movimento, observadas por uma pessoa. Resumidamente, ao assistir um vídeo, a tecnologia do laboratório da Universidade de Berkeley, é capaz de reproduzir o que se passou no cérebro do observador. A tecnologia está em desenvolvimento, mas o vídeo abaixo mostra o salto que já conseguiram nas pesquisas:

O vídeo à esquerda representa o que foi assistido por uma pessoa, enquanto estava submetida ao aparato tecnológico do laboratório. Pode-se observar no vídeo da direita como foi essa reconstrução, obtida a partir das atividades cerebrais do voluntário.

         A reconstrução das imagens foi conseguida, partindo da atividade cerebral decodificada e usando um monumental banco de dados do youtube, no qual  não estava incluído o vídeo mostrado originalmente para essa pessoa.
          O programa com base nos registros das atividades  cerebrais  fornecidas,  passou a rastrear as imagens que mais se aproximavam do vídeo assistido por aquela pessoa:

Por fim, a questão mais fascinante e diretamente vinculada ao assunto que devoramos por aqui. O professor Gallant respondeu a seguinte pergunta:

“Em algum prazo futuro, quando a tecnoliga estiver mais desenvolvida, será possível decodificar sonhos, memórias e visualizações da imaginação?


Neurocientistas geralmente assumem que todo processo mental tem um fundamento neurobiológico. Partindo desse pressuposto, tão logo nós tivermos boas medições da atividade cerebral e bons modelos-padrões computacionais do cérebro, isso deverá ser possível, em princípio para decodificar imagens de processos mentais como os sonhos, memória e imaginação.(…)”


Esse texto de divulgação científica, foi realizado com base num comentário do onironauta “Beowulf” que trouxe em primeira mão a notícia. E a fonte original das informações(incluindo a entrevista completa com o Professor Gallant) estão abaixo.

Fonte:
https://sites.google.com/site/gallantlabucb/publications/nishimoto-et-al-2011

      Lembro que desde 2009 muitos onironautas já questionavam se alguém havia experimentado as “máscaras de indução de sonhos lúcidos”, conhecidas no inglês como “NovaDreamer” ou então as atuais  “REM-Dreamer”.
      Nesse vídeo apresentado pelo André – estudante de psicologia – finalmente temos um interessante relato de como tem sido suas experiências com o equipamento. Vale a pena tomar conhecimento da experiência do André ou pelo menos ter uma idéia das possibilidades que ela pode vir a oferecer.

      Avançando um pouco mais nas pesquisas sobre as atuais máscaras de indução de sonhos lúcidos no mercado, verifiquei que  o primeiro modelo, a NovaDreamer, criada por Stephen LaBerge teve sua produção interrompida. Afirma-se que a NovaDreamer II virá com upgrades, tornando-a mais eficiente.

       O modelo mostrado é a da REM DREAMER que já possui melhoramentos sobre a NovaDreamer.

       Mais uma vez agradeço ao André por disponibilizar o vídeo com o relato sobre essa interessante tecnologia.

Onde achar:
http://remdreamer.com/
http://remdreamer.com/shop_rem-dreamer.php