Encontrar motivos para ter um sonho lúcido pode gerar um debate curioso. Por qual razão as pessoas se interessam em ter sonhos lúcidos? Provavelmente, boa parte, num primeiro momento o faça por curiosidade. Mas uma vez realizada a experiência, é comum desenvolver um fascínio, como se existisse alguma razão em especial para continuar tendo mais sonhos lúcidos.

Desde os tempos da Comunidade de Sonhos Lúcidos do Orkut, ( o qual ultrapassou a marca de 30.000 membros ), bem como relatos em comentários nesse site e no Grupo de Sonhos Lúcidos do Facebook, observei alguns relatos bem interessantes. Nosso Fórum também traz um considerável número de relatos a respeito. Vou discriminar os motivos frequentemente relatados:

1 – Prazer – realizar desejos ocultos

Trata-se muito provavelmente da principal razão pela qual as pessoas se interessam em ficar conscientes em seus sonhos. As possibilidades de obter os mais variados prazeres (incluindo o sexual), sempre acabam seduzindo, sejam aqueles que nunca experimentaram um sonho lúcido ou quem já provou e deseja algo mais. Os prazeres envolvidos na materialização de algo impossível no mundo real, sempre são razões bastante provocantes para buscar essa experiência. Esse talvez seja o principal motivo para ter sonhos lúcidos.

2 – Liberdade – sem regras, sem culpa

Uma das sensações mais embriagantes no sonho lúcido, sentir-se livre, sem quaisquer travas ou convenções sociais, para usufruir da maneira como bem entender de um mundo que é todo seu. Jogo algum, videogame da mais alta tecnologia, jamais sequer chegou próximo de reproduzir a sensação de liberdade que pode ser vivenciada durante um sonho lúcido.  Não é a toa que voar é uma das primeiras ações que as pessoas acabam realizando em seus primeiros sonhos lúcidos.

Além de voar, sempre é possível experimentar façanhas como explorar novos ambientes, como um mar distante, uma paisagem idílica, memórias antigas podem ser revisitadas, pessoas e personagens podem ser trazidos…

3 – Poder – dono de tudo

Quem já sofreu com pesadelos na infância, com alguma frequência desenvolve habilidades de controle dos sonhos muito cedo. Exercer o controle sobre um sonho, por vezes pode nos deixar eufóricos. Trata-se da descoberta de um nova realidade no qual somos pequenos deuses, mas com poderes absolutos… e isso é como ser o dono da sua própria “Matrix”.

Cena do filme Matrix, quando Neo está renascido e com seu estado de consciência alterado dentro da Matrix.

4 – Curiosidade – o melhor simulador

As fronteiras das pesquisas sobre sonhos lúcidos já avançaram para as áreas da neurociência, filosofia da mente, psicologia, neurofilosofia, entre outras. Existem pesquisas no mínimo instigantes, conduzidas por Daniel Erlarcher (fonte abaixo) e vários outros, nas quais os sonhadores lúcidos alcançaram melhora no desempenho em atividades envolvendo habilidades motoras. Como não ficar instigado pelas possibilidades.

Nos sonhos lúcidos podemos também simular experimentos tecnológicos. Experimentar sabores, ir para outros planetas, dimensões, enfim, ir ao encontro do desconhecido ou mesmo daquilo que não seria possível explorar no cotidiano.

5 – Autoconhecimento – imersão em si mesmo

Nos sonhos lúcidos podemos enxergar o espelho de nós mesmos e do que estamos passando. Assim, nossos medos, nossos desejos, nossas preocupações são expostas diretamente ou em forma de metáforas através do cenário (e dos personagens) que compõe o sonho.

Ao analisar o sonho, podemos conhecer muito de nós mesmos. Trata-se de poderosa ferramenta para análise de pacientes na psicologia, psiquiatria e psicanálise. Como defendia Freud: “o sonho é a estrada real que conduz ao inconsciente”.

Importante destacar que o sonho lúcido é uma porta para experimentar um estado alterado de consciência saudável. Uma oportunidade preciosa de vivenciar experiências sem quaisquer efeitos colaterais. Pelo menos considerando o uso através dos séculos, por monges tibetanos, sem jamais ficar registrado algum tipo de efeito colateral danoso ao praticante.

Na imagem abaixo uma antiga enquete de 31/08/2011, no qual 311 sonhadores lúcidos responderam o que mais lhes atraia nos sonhos lúcidos. Destaque para a “Sensação de Liberdade” com a maioria dos votos:

ENQUETE SL

Dica do dia: especial para quem se interessa pelo tema de significado dos sonhos é o site https://www.segredosdosonho.com.br/

Referências:

  1. http://www.mendeley.com/catalog/practicing-motor-task-lucid-dream-enhances-subsequent-performance-pilot-study-19/
  2. http://sonhoslucidos.forumeiros.com/t436-qual-e-a-melhor-sensacao-para-voce-nos-sonhos
  3. https://sonhoslucidos.com/sonhoslucidos/o-que-mais-lhe-fascina-nos-sonhos/

Referências Bibliográficas.

Dresler, M., et al. (2011) “Dreamed Movement Elicits Activation in the Sensorimotor Cortex.” Current Biology 21: 1–5.

Dresler, M. et al. (2013) “Neural Correlates of Dream Lucidity Obtained from Contrasting Lucid Versus Non-lucid REM Sleep: A Combined EEG/fMRI Study.” Sleep 35: 1017–1020.

Erlacher, D. and Chapin, H. (2010) “Lucid Dreaming: Neural Virtual Reality as a Mechanism for Performance Enhancement.” International Journal of Dream Research 3: 7–10.

Erlacher, D. and Schredl, M. (2008) “Cardiovascular Responses to Dreamed Physical Exercise During REM Lucid Dreaming.” Dreaming 18: 112–121.

Author

Deixe seu comentário