Férias na reta final e mais um sonho lúcido! Com esse foram quatro(4) noites com sonhos lúcidos num mês. Após nove(9) dias do meu último sonho consciente, hoje tive mais um.

Circunstâncias pré-sonho lúcido:

Assistimos dois filmes durante a noite(A Caixa com a Cameron Diaz e Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado). Jantei pelas 20h uma fatia de pão com omelete deliciosamente preparado pela minha esposa e suco de uva.

Dormi pelas 1:10h…

Acordei as 5:36h pra dá um mijão e morto de fome comi uma maçã.

Depois tive o sonho lúcido, acordando as 8:30h.

Segue relato:

Eu olhava pela janela de um trem a bela paisagem. Enquanto curtia aquela beleza muito colorida tive meu acesso de lucidez.

Mantive fixado meu olhar na paisagem que passava e fui me aproximando da janela. Estava determinado a não perder rápido a consciência. Olhei por mais alguns instantes e saltei pela janela levantando vôo.

.
Sobrevoando todo aquele verde de pastagens e árvores, percebi que a minha perda de consciência parecia iminente e vinha na forma de escuridão que começara a tomar conta do cenário. Esfreguei as mãos e decidi pousar e lutar contra o despertar usando as velhas técnicas de sempre. Foi um pouso bem super-heróico e rápido. Minha vontade era bem respondida.
.
Esfreguei as mãos e comecei a caminhar. As sombras pareciam ficar para tras de mim. Encontrei uma família trabalhando em algo que parecia uma construção num fazenda. Vi uma senhora carregando coisas.
.
Pensei em usar uma porta e tornar tudo mais claro eliminando as sombras de uma vez. Virei meu braço para trás pensando na maçaneta de uma porta e ao me inclinar para trás levei um tombo.
.
A queda de costas me fez atravessar um muro enorme de arbustos. Ali estava bem nítido e a escuridão recuou.
.
Caminhei na direção de uma estrada de chão e lembrei de uma experiência que eu queria fazer com memórias do subconsciente.
.
Meu plano era tentar acesar memórias da minha infância que eu não lembro mais. Caminhando pela rua observava as casas uma a uma, procurando reconhecer aquela que fosse da minha família na época, em Braço do Norte. Talvez também a casa do Vanderson(!?), meu primeiro amigo de infância, quando eu tinha 03 anos.
.
Observando as casas, reparei que a estrada deixara de ser estrada de chão, tornando-se paralelepípedo. Acordei. ;P

Author

4 comentários

  1. Eu tenho sonhos assim, todas as noites. Assim que reconheco que estou sonhando tenho poder de voar para onde eu quiser, me encontro com pessoas de todos os tipos e muitas vezes estou fugindo das sombras que me assustam. Eu tenho poder de voar e pousar na hora que quero mas tenho muito medo de voar para o ceu porque e longe e tenho medo de nao conseguir voltar.
    Adorei o seu blog, me identifico muito com os seus sonhos.
    Ate logo!

  2. Oi Elisa!

    Bem-vinda ao blog!
    Tais de parabéns pela lucidez e controle dos sonhos. Voar nem sempre é fácil pra todo mundo. Eu mesmo tive uma época que vivia me enrolando em fios de poste ou me perdendo pra conseguir pousar/controlar o vôo.
    Que técnica,métodos e reality checks tais utilizando?
    Fique a vontade para impostar teus sonhos, fazer sugestões ou críticas.
    Bons sonhos!

  3. Fiquei impressionado com a faciliadede que a Elisa tem em ter sonhos lucidos. Vc usa alguma tecnica, Elisa??

    PS: Gostei muito do blog e comecei a uma semana a tentar ter sonhos lucidos pois ha uns 6 meses venho sofrendo de paralisia do sono. Achei que fosse apenas um pesadelo terrivel mas a 1 semana descobri que isso é uma etapa normal do nosso sono.

  4. Bem-vindo Victor!

    Paralisia é chato msmo. O método WILD é bem explorado por alguns que sentem a paralisia do sono.
    É um tema bem interessante pra abordar no blog.
    .
    Sinta-se livre para comentar e dar sugestões companheiro onironauta!

Deixe seu comentário