EnglishPortugueseSpanish
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Por que temos emoções tão fortes nos sonhos?

Você já reparou que temos emoções nos sonhos que praticamente se equivalem ao estado desperto? Da mesma forma em sonhos lúcidos, alguns sonhos parecem trazer experiências tão intensas e vívidas que guardamos na memória para o resto de nossas vidas. Existe uma interessante explicação para que isso aconteça e parece estar relacionada com os registros de atividade do cérebro.

Comparativo de atividade vascular cerebral entre três estados cerebrais (cobaias): acordado, sono NREM e sono REM (quando temos sonhos intensos e vívidos).

Emoções mais fortes nos sonhos de fase REM…

Sempre que atravessamos uma boa noite de sono, o cérebro transita em diversas fases e ciclos típicos do sono, assim também a fase REM do sono chama a atenção para sua configuração no cérebro: há uma intensificação da vascularização e aumento do metabolismo da glicose em certas regiões. Ao passo que regiões responsáveis pelo processamento emocional podem se tornar até 30% mais ativas do que no estado desperto!…

O mais surpreendente é que o cérebro em fase REM (quando temos sonhos intensos e vívidos) é capaz de registrar essa intensificação de atividade inclusive se comparado com alguém que realiza cálculos matemáticos difíceis, ou seja, durante os sonhos de fase REM podemos ter emoções ainda mais fortes.

Cérebro turbinando para emoções mais fortes?

São pesquisas recentes que provocam grande debate entre neurocientistas, psicólogos e filósofos da mente, afinal, seria apenas coincidência isso acontecer justamente durante os momentos do sono que ocorrem os sonhos de fase REM? Poderia esse tipo de sonho cumprir um papel na regulação emocional ou contribuir para elaboração de insights ou resolução de problemas?

As fases REM do sono promovem os nossos sonhos mais intensos e vívidos. Não é a toa que certos pesadelos e sonhos marcantes se tornam inesquecíveis.

Cérebro com atividade mais intensa em certas regiões que o estado desperto…

São célebres os inúmeros casos na história, com relação ao uso dos sonhos para resolução de problemas como a cadeia de benzeno de Kekulé, a agulha de costura industrial de Elias Howe, bem como a composição da música Yesterday de Paul McCartney!… A tabela periódica de Mendelev, romances como o Médico e o Monstro, Frankenstein, da mesma forma o poema de Kublai Kahn, o sonho de Descartes e de Bertrand Russel. Além disso há pesquisas que sugerem como uma das funções da fase REM do sono, a consolidação de memórias.

Referências Bibliográficas

BEAR, M. F., Connors, B. W. & Paradiso, M. A. Neurosciencias: desvendando o sistema nervoso. Tradução: Carla   Dalmaz… et al. 4ed. Porto Alegre: Artmed, 2017. p. 659.

Se você gostou desse conteúdo, ajude a divulgar compartilhando em suas redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

POSTAGENS RELACIONADAS

Deixe seu comentário